Hoje é
Artigos

24/04
2015

Pastoral

A recepção e a implantação dos documentos do concílio vaticano II (1962 1965), na Arquidiocese de RP (Segunda Parte)

Nas comemorações dos cinquenta anos do encerramento do Concílio Vaticano II, meu ensejo é descrever, de forma cronológica por etapas, como se deram a recepção e a implantação dos documentos deste Concílio.


A recepção e a implantação dos documentos do concílio vaticano II (1962 1965), na Arquidiocese de Ribeirão Preto (1966 1981) - Segunda Parte

Leia a Primeira Parte do Artigo

2 ETAPA
COORDENAO DE PASTORAL
Arquidiocese de Ribeirão Preto
Outubro de 1966

Linha de trabalho n°. 1:
PROMOVER UMA SEMPRE MAIS PLENA UNIDADE VISVEL NO SEIO DA IGREJA CATLICA.

Atividades para isto propostas:

1 Levar as paróquias a suscitarem e criarem COMUNIDADES DE BASE, garantindo-lhes uma coordenação;
2 Dinamizar e atualizar o sistema de bens eclesiásticos no sentido de levar todos os membros da Igreja a serem corresponsáveis pela sua sustentação. DZIMOS -;
3 Criar ou dinamizar um movimento apostólico infanto-adolescente que ajude esses níveis de idade a se encaminharem normalmente realização de sua vocação dentro do povo de Deus (Clubes Vocacionais, Cruzada Eucarística...).
- Dinamizar movimentos de Juventude no mesmo objetivo: (Comunidade de Jovens Cristãos (CJC); Presídios Legionários Juvenis; Juventude Estudantil Católica (JEC); Congregação Mariana Juvenil, etc.);
4 Dinamizar a participação dos leigos na Igreja e coordenar os movimentos de apostolado dos leigos. (FORMAR GRUPOS DE LEIGOS).

Linha de Trabalho n°. 2:
PROMOVER A AO MISSIONRIA

Atividades para isto propostas:
1 Promover o anúncio da Palavra nas diversas ocasiões em que o Povo de Deus se reúne em assembleia:
- celebração da palavra (paraliturgia) Novenas Tríduos enterros;
2 Promover o anúncio missionário da Palavra através dos meios de comunicação social:
- Diário de Notícias;
- Programas de Rádio.

VER COM CLAREZA, JULGAR COM AMOR, PARA AO COORDENADA

Linha de Trabalho n°. 3:
PROMOVER A AO CATEQUTICA, O APROFUNDAMENTO DOUTRINAL E A REFLEXO TEOLGICA.

Atividades para isto propostas:
1 Promover e organizar a Catequese Paroquial;
2 Promover conferências, CURSOS, dias de estudos, para aprofundamento doutrinal (ADULTOS);
3 Promover o CATECUMENATO PRIMEIRA EUCARISTIA;
4 Formação de Catequistas.

Linha de Trabalho n°. 4:
PROMOVER A AO LITRGICA.

Atividades para isto propostas:
1 Diretório Litúrgico;
2 Promover a arte e a música no sentido de participação ativa de toda a comunidade;
3 Promover intensa participação Santa Missa;
4 Formar Equipes de Liturgia.

Linha de ação n°. 5:
PROMOVER A AO MISSIONRIA.

Atividades para isto propostas:
1 Tornar conhecido o autêntico Ecumenismo;
2 Promover a Semana da Unidade;
3 Promover a Semana Bíblica Conferências Tríduos a respeito do livro santo.

Linha de Trabalha n°. 6:
PROMOVER A MELHOR INSERO DO POVO DE DEUS, COMO FERMENTO NA CONSTRUO DE UM MUNDO SEGUNDO OS DESGNIOS DE DEUS

Atividades para isto propostas:
1 Divulgar a Doutrina Social Cristã;
2 Formar Grupos de Leigos nos ensinamentos da Doutrina Social Cristã;
3 Criar ou dinamizar movimentos sociais. Integrar a Comunidade aos Movimentos de ajuda fraterna: Campanha da Fraternidade FAC - Vicentinos, etc.4.
Esta foi a base inicial de uma nova pastoral, tendo como influência o Plano de Pastoral de Conjunto da CNBB, concretizado em propostas objetivas para a realidade de Ribeirão Preto.

Como se verá, há uma linha progressiva que se desenvolve lentamente, mas de forma convincente, perseverante.

Trata-se de trabalho árduo, vagaroso, sem esmorecimento. Vai por etapas que não podem ser puladas ou deixadas de lado para se alcançar o objetivo. Implica a conscientização de todos e a vontade comum de união nos ideais e na prática.

A insistência primeira deste enfoque pastoral está centrada na paróquia, mas tendo presente que:

Nossas paróquias formam um corpo. A diocese não é uma colcha de retalhos de várias paróquias. , sim, como dizia o Plano de Emergência a unidade fundamental de ação pastoral. Não é ela uma reunião de paróquias, mas a paróquia é uma parte, ou melhor, uma célula orgânica da diocese.

Em CONSEQUNCIA disto tudo, devemos viver, intensamente, os problemas diocesanos todos. Se nos preocupássemos somente com nossa paróquia, com nosso setor e tudo isso estivesse se desenvolvendo admiravelmente mas sem preocupação e conexão com o todo poderíamos dizer que tal desenvolvimento é prejudicial; trata-se de crescimento desordenado de células, fato que, no corpo humano, é verdadeiro câncer e no corpo eclesial verdadeiro desastre, afirmou o 2°. Número de TRAO DE UNIO5.

A Coordenação Arquidiocesana Pastoral, protagonista de tudo o que de mais valioso já havia na Arquidiocese e precisava ser conhecido, partilhado, corrigido e enriquecido, propôs-se:
Em NOSSA Arquidiocese, há um mundo de coisas maravilhosas, inúmeras e árduas atividades, muita vida, coisas novas, verdadeiras e valentes criações apostólicas. Iremos, aos poucos, comunicar isto tudo. Casar experiências. Expor ideias traduzidas em ações.

TEREMOS, evidentemente, os olhos abertos Igreja no Brasil, no mundo. Os olhos fixos nas alegrias e angústias dos homens. Isto tudo feito com enorme esperança: estamos na época do Vaticano II. Privilégio! Responsabilidade!

ESTE traço-de-união será assim retrato de nossa vida. Irá saindo na medida em que o conteúdo experiência-vida-de-todos, obrigá-lo sair rua. Nosso lema diz tudo: SERVIR6.

Citações:

1.TRAO DE UNIO, n°. 1.
2.n°. 2, dezembro de 1966, p.1.
3.n°. 3 (1968), p.1.


Cônego Francisco de Assis Correia
Padre, 70 anos. Pároco emérito. Foi professor de filosofia e de teologia no CEARP. Encontra-se com deficiência visual completa, desde março de 2013.
Digitou esse texto Vinicius Maniezo Garcia, enfermeiro cuidador do autor. Série 70, 62°.


CONTATO

Rua Tibiriçá nº 879 – Centro
CEP: 14010-090
Ribeirão Preto/SP


Atendimento

de 2ª a 6ª feira
Das 8h às 12h
Das 13h às 17h (16) 3610 8477

Copyright © 2017 - Arquidiocese de Ribeirão Preto - Desenvolvido por Com5