Hoje é
Notícias

08/01
2018

Arcebispo

2018

Com alegria e esperança, iniciamos 2018. Para nossa Igreja Particular é um ano significativo, pois em 1908 foi criada a Diocese de Ribeirão Preto, pelo Papa São Pio X, e em 1958, ela foi elevada a Arquidiocese


2018

Com alegria e esperança, iniciamos 2018. Para nossa Igreja Particular é  um ano significativo, pois em 1908 foi criada a Diocese de Ribeirão Preto, pelo Papa São Pio X, e em 1958,  ela foi  elevada  a Arquidiocese, sede de uma nova Província Eclesiástica, no Estado   de  São Paulo, portanto,   neste    ano    rendemos graças a Deus,  nosso  Senhor,  pelos 110 anos de nossa Igreja   Particular  de Ribeirão Preto. Te Deum laudamus!

Avançamos na vivência do Ano Nacional do Laicato, incentivando os irmãos leigos e leigas a acreditarem na própria vocação como sujeitos de uma missão específica. A sociedade humana em construção e a Igreja em missão contam com cristãos convictos da própria responsabilidade, dispostos a acolher desafios, alegres em abrir caminhos novos na construção do Reino do Senhor Jesus, reino da verdade e da vida, reino de justiça, do amor e da paz (cf. CNBB, Doc. 105, 277).

A Campanha da Fraternidade 2018 vai refletir o tema: “Fraternidade e superação da violência” e recorda a todos e cada um de nós: “Vós sois todos irmãos” (Mt 23,8). “A experiência de estar exposto a situações de violência é relatada por um grande número de brasileiros. Não se trata de uma percepção isolada e meramente subjetiva. Os episódios de violência intensificaram-se e tornaram-se comuns também em cidades pequenas e médias, deixando de ser um fenômeno típico das grandes metrópoles. No entanto, sempre encontramos muitos lugares onde existe a preservação da harmonia e da paz ou foi construída uma vida pacífica e fraterna” (Texto-base da CF-2018, 4).  A CF-2018 tem como objetivo geral: “Construir a fraternidade, promovendo a cultura da paz, da reconciliação e da justiça, à luz da Palavra de Deus, como caminho de superação da violência” (Texto-base, 15).

O ano de 2018 será marcado por eleições  em nosso país.   Aqui  vale recordar  mais  um  parágrafo do Documento 105 da CNBB: “Deixemo-nos tocar pelo que nos ensina o Papa Francisco sobre os leigos e a política: Peço a Deus que cresça o número de políticos capazes de entrar num autêntico diálogo que vise efetivamente a sanar as raízes profundas e não a aparência dos males do nosso mundo. A política, tão denegrida, é uma sublime vocação, é uma das formas mais preciosas da caridade, porque busca o bem comum. Temos de nos convencer que a caridade é o princípio não só das microrrelações (...), mas também das macrorrelações como relacionamentos sociais, econômicos, políticos. Rezo ao Senhor para que nos conceda mais políticos que tenham verdadeiramente a peito a sociedade, o povo, a vida dos pobres” (258).

A palavra dos Bispos do Brasil, na nota do Conselho Permanente (Nota da CNBB sobre o atual momento político), em 26 de outubro de 2017, contribui para a reflexão sobre o nosso compromisso político: 

“A apatia, o desencanto e o desinteresse pela política, que vemos crescer dia a dia no meio da população brasileira, inclusive nos movimentos sociais, têm sua raiz mais profunda em práticas políticas que comprometem a busca do bem comum, privilegiando interesses particulares. Tais práticas ferem a política e a esperança dos cidadãos que parecem não mais acreditar na força transformadora e renovadora do voto. É grave tirar a esperança de um povo. Urge ficar atentos, pois, situações como esta abrem espaço para salvadores da pátria, radicalismos e fundamentalismos que aumentam a crise e o sofrimento, especialmente dos mais pobres, além de ameaçar a democracia no País.

Apesar de tudo, é preciso vencer a tentação do desânimo. Só uma reação do povo, consciente e organizado, no exercício de sua cidadania, é capaz de purificar a política, banindo de seu meio aqueles que seguem o caminho da corrupção e do desprezo pelo bem comum. Incentivamos a população a ser protagonista das mudanças de que o Brasil precisa, manifestando-se, de forma pacífica, sempre que seus direitos e conquistas forem ameaçados”.

Vivamos intensamente este novo ano,   movidos pela graça de Deus e assumindo    nossos    compromissos  na  sociedade  humana em construção e   na   Igreja   em    missão.    Feliz   ano novo para todos.


Dom Moacir Silva
Arcebispo Metropolitano

Janeiro/2018


CONTATO

Rua Tibiriçá nº 879 – Centro
CEP: 14010-090
Ribeirão Preto/SP


Atendimento

de 2ª a 6ª feira
Das 8h às 12h
Das 13h às 17h (16) 3610 8477

Copyright © 2018 - Arquidiocese de Ribeirão Preto - Desenvolvido por Com5