Descrição simbólica:

O azul do escudo faz menção à Virgem Maria, sob quem a Arquidiocese se confia e consagra. Ao centro, o monograma grego PX representa o Cristo, centro e fim de todas as atividades arquidiocesanas, formado pelo cruzamento de setas (flechas) lembrando o martírio do grande defensor de Cristo e da Igreja, padroeiro da Arquidiocese, o glorioso São Sebastião.

O manancial que se vê abaixo do monograma, faz memória ao Ribeirão Preto, rio que deu nome à cidade: âs suas margens, nascera em tempos passados, a auspiciosa metrópole.

Ao redor do escudo, encontram-se 10 estrelas que representam as 10 Foranias que compõem e organizam a vida pastoral da Arquidiocese. O vermelho que circunda o escudo simboliza sangue derramado no martírio de São Sebastião.

A Cruz Patriarcal e o Pálio Arquidiocesano, representam a Sede Metropolitana. A Mitra e Báculo, o pastoreio do Arcebispo Metropolitano, legítimo sucessor dos Apóstolos em nosso meio.

 

Pe. Luis Gustavo Benzi