Pastoral Operária disponibiliza subsídio para o 1º de Maio

De tudo, ficaram três coisas: a certeza de que estamos sempre começando, a certeza de que precisamos continuar, a certeza de que seremos interrompidos antes de terminar. Portanto, devemos: fazer da interrupção um caminho novo, a queda um passo de dança, do medo uma escada, do sonho, uma ponte, da procura um encontro. (Fernando Pessoa)


No intuito de contribuir para uma reflexão sobre as mudanças no mundo do trabalho, as estruturas sociais, políticas, econômicas e suas implicações para a classe trabalhadora, apresentamos o subsidio/tríduo do 1º de maio de 2018. Esse sistema capitalista está cada vez mais excludente e violento, queremos com esse material impulsionar o diálogo e repensar saídas, a partir uma outra forma de organizar a sociedade e o trabalho. Esses encontros têm como objetivo debater e analisar a conjuntura; mobilizar e animar os grupos de base da Pastoral Operaria do Brasil e nas comunidades eclesiais de base, pastorais sociais e forças sociais.

Para aprofundarmos algumas questões que envolve a classe trabalhadora, apresentamos o subsidio de formação em preparação as atividades/ações/celebrações do 1º de maio. O tema deste ano é: Defender o trabalho é garanti a vida e o lema: Por que vocês estão desempregados (MT 20,6). O material de formação vem com três encontros de reflexão política e bíblica acerca do trabalho, são eles: 1. Por que é preciso defender o trabalho?; 2. Garantir a vida!; 3. Por uma Classe trabalhadora consciente e solidária. Queremos também estar em sintonia e dar continuidade as reflexões da Campanha da Fraternidade com o tema “Fraternidade e superação da violência”, tendo como lema “Em Cristo somos todos irmãos (Mt 23,8)” e do 24º Grito dos/as Excluídos/as com o tema “A desigualdade gera violência: Basta de privilégios!” E o lema “Vida em primeiro lugar. ”

Desejamos, através desse material, que o sentimento de partilha e espiritualidade estejam presentes entre nós e possa estimular a solidariedade, fraternidade, força e fé na caminhada. Que a unidade das nossas ações seja fermento na massa e na construção de um mundo justo.

Um abraço carinhoso a todas e a todos, bons encontros e celebração!


Pastoral Operária Nacional


Acesse aqui a Cartilha com Tríduo completo

Acesse aqui a Entrevista com Dom Reginaldo fala sobre a 56ª AG CNBB e o tema do Trabalho

 

Fonte:  http://www.pastoraloperaria.org.br/SITE_Inicial.aspx