Assembleia Arquidiocesana da Pastoral Carcerária 2018

A Pastoral Carcerária da Arquidiocese de Ribeirão Preto realizou no dia 9 de junho, no período da manhã, a Assembleia Arquidiocesana, no Centro Arquidiocesano de Pastoral, em Ribeirão Preto. Com objetivo de partilhar experiências e desenvolver aspectos formativos para os membros da pastoral carcerária, a assembleia foi iniciada com a celebração eucarística presidida pelo coordenador de pastoral, padre Luís Gustavo Tenan Benzi.

A assembleia contou com momentos formativos e testemunhos das atividades realizadas por membros da Comunidade Shalom: Erlande Aparecida Maia, Rogério Massayuki Cordeiro e Thainá Silva Rufino Cardoso; testemunho de Sergio, do movimento da Renovação Carismática Católica, de Santa Rosa de Viterbo, que relatou sua trajetória de vida pessoal e espiritual. O diácono Francisco Alves Ferreira Neto, juntamente com o arcebispo dom Moacir Silva, apresentaram o tema: “O mártir do cárcere -  Franz de Castro Holzwarth”, que dedicou sua vida na defesa dos direitos humanos e no serviço aos encarcerados. Por fim, Célia Nogueira de Souza Pereira, coordenadora da Pastoral Carcerária da arquidiocese de Campinas, e Ivam Aparecido de Souza, nos contaram a experiência de vida dentro e fora do cárcere, com muito vigor e perseverança.

A integrante da Pastoral Carcerária, Juscilene Carvalho Neves, avaliou positivamente a participação na Assembleia: “Só acrescentou de forma positiva na minha caminhada de Pastoral Carcerária, e sinto pelos irmãos que não conseguiram participar conosco. O momento em que o Diácono Francisco falou sobre a vida de Franz de Castro e a presença de Dom Moacir, confirmando e dizendo que o conheceu quando era ainda seminarista em São José dos Campos, foi realmente um momento único onde senti a unidade da Igreja de Cristo e fiquei realmente grata por ter presenciado isso tudo”, relatou Juscilene.


Pastoral Carcerária
Arquidiocese de Ribeirão Preto