Missa de envio missionário do padre Manoel

No dia 25 de julho, aconteceu na matriz do Divino Espírito Santo, em Serra Azul, a missa de envio missionário do Padre Manoel. A concelebração Eucarística reuniu grande participação do povo de Deus, e foi presidida pelo arcebispo Dom Moacir Silva e concelebrada pelos padres: Manoel, pároco; Acássio Ferreira Rocha e Cláudio Pires Marçal.

A celebração marcou o início das experiências missionárias dos padres da arquidiocese de Ribeirão Preto na arquidiocese de Manaus, por um período de dois meses. A Arquidiocese de Ribeirão conta com dois padres fixos em duas paróquias de Manaus, que organizam a chegada e as atividades dos padres que vão para fazer essa experiência missionária em rodízio de dois meses.  

Um pouco antes do início da celebração, o padre Acássio, se reuniu com o povo de Deus ali presente para explicar em que consiste o Projeto Missionário Ribeirão Preto – Manaus iniciado em 2006.

Numa primeira fase o projeto foi iniciado na Prelazia de Itacoatiara, no Amazonas, e tinha o mesmo caráter missionário com o envio de padres para um período de missão. Tempos depois surgiu a oportunidade de assumir duas paróquias na Arquidiocese de Manaus: uma na cidade de Manaus e outra no município de Careiro da Várzea. Desde o ano passado foi retomada a presença da arquidiocese na Prelazia de Itacoatiara com a presença de um padre fixo.

O padre Cláudio, que atuou por um período em Manaus, também relatou suas experiências missionárias no intuito de elucidar um pouco a realidade que o Padre Manoel encontrará. Na sequência Dom Moacir falou sobre a necessidade da missão reafirmando que o Projeto Ribeirão/Manaus não é o único meio de missão da Arquidiocese de Ribeirão Preto, e explanou sobre o Projeto Igrejas Irmãs do Regional Norte 1 e Regional Sul 1 da CNBB, bem como a missão em Pemba no continente Africano, mantida pelo Regional Sul 1.

Cremos ser um momento de suma importância na vida da Igreja de Ribeirão Preto, que atende aos apelos do Papa Francisco para ser uma igreja em saída, e sobretudo abre-se ao mundo amazônico tão distante de nós, mas tão perto, pois em cada Eucaristia celebrada seja na Igreja de Ribeirão, seja na igreja de Manaus, louvamos e agradecemos a Deus pelo sacrifício de Jesus e comungamos do mesmo e único corpo de Jesus Eucarístico.

A missão é parte primaz da Igreja e por assim dizer há aqueles que partem, há aqueles que rezam, há aqueles que contribuem com gestos materiais e em fim há uma só identidade uma igreja Povo de Deus missionária por excelência.

Desta primeira experiência do envio fica o convite, às outras foranias e mesmo aos padres e amigos daqueles que partiram em missão, para participar sempre que puderem das missas de envio, pois é ali onde nós rezamos para que o missionário seja a presença do Cristo na vida de quem ele encontrar.


Alcides Pizeta Neto
Seminarista – 2º  Ano Teologia

Fotos: Padre Acássio Ferreira Rocha