II Encontro Arquidiocesano da Pastoral do Dízimo

Nos dias 01 e 02 de setembro, ao menos 90 agentes da Pastoral do Dízimo, estiveram reunidos na Casa Dom Luís, em Brodowski, para o II Encontro Arquidiocesano da Pastoral do Dízimo. O tema abordado partiu da reflexão do Documento 105 “Cristãos leigos e leigas na Igreja e na sociedade - Sal da Terra e luz do mundo” e procurou identificar qual o verdadeiro papel dos agentes de pastoral diante dos desafios em “ser Igreja”, com um olhar voltado para a Pastoral do Dízimo.

Foram dias de profunda reflexão, oração e um encontro de irmãos que buscam matar a sede em fontes de águas verdadeiramente santificantes. Sabendo que essas fontes estão em todas as nossas comunidades, nos seus diversos serviços eclesiais, ser um “sujeito eclesial” como nos chama o Documento 105 é ao mesmo tempo desafiante e gratificante. Desafiante porque exige de nós sairmos da nossa zona de conforto e Evangelizar, apresentando Jesus Cristo ao mundo. Gratificante porque podemos encontrar em nossos irmãos de caminhada, apesar de todas suas características que lhe são próprias, a pessoa do Jesus Cristo, o qual queremos e devemos anunciar.
Estiveram conosco como assessores, o casal José Luís Gomes de Almeida e Célia Soares de Sousa, teólogos leigos da Diocese de Guarulhos, que fizeram com que os participantes fizessem uma leitura tranquila e agradável do Documento 105, e nos levassem a assumir novas posturas como Cristãos Leigos e Leigas, Sal da Terra e Luz para o Mundo.

Alguns podem até se perguntar: mas o encontro não foi sobre a Pastoral do Dízimo? Não foi para aprender como melhorar nosso dízimo?  Sim, foi para isso mesmo. Pois o dizimista que tanto almejamos para as nossas comunidades, precisam antes serem evangelizados, senão nossos dizimistas continuarão muito mais parecidos com  os ricos do Evangelho do que com a pobre viúva que deu tudo que tinha,  duas moedinhas. (cf. Lc 21, 3-4).


Pe. Sérgio Donizetti Carmona
Pastoral do Dízimo – Arquidiocese de Ribeirão Preto

 

Acesse o Material (Slides)