Leigos e leigas da forania São Bento celebram o Ano Nacional do Laicato

Leigos e leigas da forania São Bento celebram o Ano Nacional do Laicato

Em espírito de união e fraternidade, os leigos e leigas da Forania São Bento se reuniram na sexta-feira, 17 de agosto, no Santuário Arquidiocesano Nossa Senhora de Fátima em Cajuru para a Concentração do Laicato da forania, celebrando missa de ação de graças pelo Ano Nacional do Laicato. A Santa Missa foi presidida pelo arcebispo, Dom Moacir Silva, e concelebrada pelo vigário forâneo, padre Nivaldo Gil, o reitor do Santuário Arquidiocesano Nossa Senhora de Fátima, padre Robson Eduardo do Nascimento, e demais padres da forania, contando ainda com a presença de diáconos e religiosas.

Já no início da celebração, foi feita a recordação dos símbolos deste ano celebrativo, em que leigos são chamados a ser sal da Terra e luz do mundo. Na entrada da imagem peregrina da Sagrada Família de Nazaré, fomos recordados de que neles temos um exemplo precioso sobre como devemos agir no nosso trabalho, na nossa vida em sociedade, nas nossas famílias, relacionamentos etc. Após, leigos representantes das paróquias no Conselho Pastoral da Forania entraram cada um com a imagem representativa de sua paróquia, como sinal de sua presença na concentração.

Durante a sua homilia, Dom Moacir, aproveitando o fato de se estar celebrando também a Semana Nacional da Família, falou sobre como devemos nos colocar pressurosos na defesa dos valores cristãos de família e não deixar que eles se percam, mas ganhem novo impulso no mundo em que hoje vivemos; e também, retomando as figuras do sal e da luz, lembrou como somos chamados, leigos e leigas, a sairmos do nosso comodismo e a tomar nossa posição no mundo, onde quer que estejamos e inclusive nas decisões políticas, desempenhando nosso especial papel, não permitindo que agendas anticristãs, como a do aborto, avancem sobre a nossa sociedade. Dom Moacir nos recordou ainda que, em dignidade, somos todos, clero e leigos, filhos de Deus, e é desta maneira que devemos agir no mundo.

No final da celebração, nós, os leigos forâneos, Antônio Prado e Donizete Scoca, lemos mensagem endereçada a todos os presentes, mas especialmente aos irmãos leigos e leigas da Forania São Bento, lembrando do papel primordial do laicato na nova evangelização e na necessidade de um novo espírito missionário, que da Igreja faça um movimento verdadeiramente “de saída”, levantando-nos para exercer na sociedade os papéis a que somos chamados e a fazer valer o nosso nome de cristãos.

A Concentração do Laicato da Forania São Bento foi um desses momentos únicos, em que pudemos viver o nosso espírito de unidade enquanto Igreja, celebrando a Eucaristia com nossos pastores e nossos irmãos e irmãs, por quem rezamos e com quem trabalhamos para Deus, cada qual em sua paróquia, em sua própria realidade. Agradecemos imensamente a oportunidade que a Igreja no Brasil, especialmente a nossa arquidiocese, nos dá de podermos ser lembrados e nos lembrarmos o quanto ainda podemos fazer para que o Reino de Deus aconteça no meio de todos.


Antônio Prado
Leigo forâneo da Forania São Bento