Arquidiocese emite nota sobre a tragédia ocorrida na Catedral

A Arquidiocese de Campinas lamenta profundamente a tragédia ocorrida na Catedral de Campinas nesta terça-feira (11), e repudia todos os atos violentos e pede orações. Leia abaixo a íntegra da nota da Arquidiocese de Campinas.
 

NOTA OFICIAL
 

Felizes os que promovem a paz, porque serão chamados Filhos de Deus (Mt 5, 9)
 

Por volta das 13h15 de hoje, 11 de dezembro de 2018, após a missa das 12h15, um homem, em porte de duas armas de fogo, entrou na Catedral de Campinas e efetuou disparos contra os fiéis que faziam suas orações. A ação foi rápida e resultou no óbito de quatro pessoas. Após os disparos, o homem atirou contra si mesmo. Ainda não sabemos as motivações destes disparos.

A Catedral de Campinas forneceu às autoridades todas as informações possíveis, bem como as gravações do circuito interno de segurança. O Poder Público está investigando o caso.

Lamentamos profundamente o ocorrido. Sofremos com as pessoas que neste momento choram a morte de seus amigos, irmãos e parentes. Pedimos a oração de todos para que estas famílias encontrem em Deus o conforto e a paz.

Repudiamos todos os atos violentos e pedimos que agora, mais do que nunca, sejamos todos promotores da PAZ.

A Catedral de Campinas permanecerá fechada até às 12h00 de amanhã, 12 de dezembro e, às 12h15, será celebrada uma missa em sufrágio das almas dos fiéis falecidos nesta tarde. Convidamos a todos para este momento de oração e vigília, pedindo a intercessão da Imaculada Conceição para todos!

Campinas, 11 de dezembro de 2018

Mons. José Eduardo Meschiatti
Administrador Diocesano

Mons. Rafael Capelato
Pároco da Catedral