Pastoral da Criança divulga a campanha “Zero violência, 100% ternura”

A Equipe Arquidiocesana da Pastoral da Criança se reuniu em 24 de novembro, no Centro Arquidiocesano de Pastoral, para estudo, sensibilização e definição de estratégias para a conscientização e ação dos líderes da pastoral nas paróquias da campanha: “Zero violência, 100% ternura”. A campanha abrange uma dimensão continental, envolve 17 países da América Latina e do Caribe, e foi idealizada a partir do projeto Centralidad de la Niñez, desenvolvida pela Pastoral da Criança Internacional, World Vision América Latina e Caribe e o Departamento de Justiça e Solidariedade do Conselho Episcopal Latinoamericano (CELAM), em uma parceria com a Caritas e a Associação Latino Americana de Educação Radiofônica (ALER), e busca erradicar a violência contra a criança e convidar a população a ser promotora da ternura.

O público alvo da campanha inclui família, escolas e igrejas. A mensagem central concentra três dimensões: famílias com ternura, escolas com ternura e igrejas com ternura. A campanha tem a duração de três anos e inclui três fases: sensibilização, formação e ação social. “Um dos objetivos principais é posicionar a ternura como modelo de criação, envolvendo mães, pais, avós, cuidadores, mentores, professores, jornalistas, líderes religiosos e políticos na promoção de um tratamento de respeito e amor, condenando todas as formas de violência contra crianças”.

Ações - Pacto de Ternura

Uma das ações da campanha consiste na assinatura do “Pacto de Ternura”, por meio do qual mães, pais, educadores e líderes religiosos se comprometem em assumir práticas específicas que deixem para trás a violência contra as crianças e tornem possível a criação com ternura: 1) Reconhecer e sarar minha própria história de violência; 2) Cultivar relações de ternura, livres de violência contra as crianças; 3) Não gritar, não usar o castigo físico e tratamento humilhante com crianças; 4) Garantir o direito das crianças de serem criadas, cuidadas e educadas com ternura e sem violência; 5) Causar paixão em outras pessoas para que se unam a Relação da Ternura.

A proposta da campanha, em 2019, consiste em uma caminhada continental batizada pela equipe responsável como “Pegadas de Ternura”. A mobilização será semelhante a passagem da tocha olímpica e visa sensibilizar os governos e as sociedades sobre o tema.

Paróquia – No mês de novembro a paróquia Nossa Senhora das Graças, no Parque do Servidores, em Ribeirão Preto, reativou a equipe paroquial Pastoral da Criança, no intuito de dar seguimento a missão incondicional em defesa da vida. A Equipe Arquidiocesana da Pastoral da Criança agradece ao pároco padre Acássio Ferreira Rocha pela iniciativa e empenho em motivar a equipe paroquial da Pastoral da Criança no trabalho e zelo pela vida.


A presença da Pastoral da Criança na Arquidiocese

A Pastoral da Criança da Arquidiocese de Ribeirão Preto conta com 261 líderes capacitados atuando em 20 paróquias e 55 comunidades de 11 municípios. A ação da pastoral inclui ainda 428 voluntários no atendimento mensal de 1.787 famílias, e acompanhamento de 101 gestantes. Os dados são referentes ao segundo trimestre, junho a novembro de 2018. A meta da Pastoral da Criança é ampliar os trabalhos no ano de 2019 nas paróquias da Arquidiocese.


Quer participar da Pastoral da Criança?

Entre em contato com a coordenação: Eridan Silvestre Ribeiro dos Santos - (16) 9.9284-4488


Com informações: https://www.pastoraldacrianca.org.br

 

Pacto de Ternura