Orientações para o Momento de Escuta - 15ª AAP

Orientações para o Momento de Escuta - 15ª Assembleia Arquidiocesana de Pastoral

Ribeirão Preto, 21 de fevereiro de 2019

 

Caros Irmãos Padres, Diáconos,
Religiosos e Religiosas, Seminaristas,
Leigos e Leigas!

 

Com alegria e esperança iniciamos o processo de preparação e celebração de nossa 15ª Assembleia Arquidiocesana de Pastoral. Este é um rico momento de nossa caminhada eclesial, na qual experimentamos a alegria de ser discípulo missionário na Vinha do Senhor. Neste sentido, enaltecendo nossa participação e corresponsabilidade com nossa Igreja Particular de Ribeirão Preto, a 15ª Assembleia Arquidiocesana de Pastoral tem como tema: “Eles eram perseverantes no ensinamento dos apóstolos, na comunhão fraterna, na fração do pão e nas orações”. (Atos 2,42)

A caminhada ora iniciada é pautada pelo espírito da sinodalidade, característica marcante da eclesiologia do Vaticano II e tão expressamente ansiado e vivido no ministério petrino do Papa Francisco. É o próprio Papa quem nos indica: “A sinodalidade é uma dimensão constitutiva da Igreja (...) Como diz São João Crisóstomo, 'Igreja e Sínodo são sinônimos', pois a Igreja nada mais é do que esse 'caminhar juntos' do Rebanho do Senhor pelas sendas da história ao encontro de Cristo Senhor. (FRANCISCO, 2015) Cada vez mais, precisamos nos conscientizar que a sinodalidade, ou seja, o 'caminhar juntos', deve ser característica marcante tanto da vida quanto da missão da Igreja, que é o povo de Deus formado por todos em cada um de nós.


“Uma  Igreja sinodal  é  uma Igreja da escuta,  ciente  de  que  escutar  'é mais do que ouvir'. É uma escuta recíproca, onde cada um tem algo a aprender. Povo fiel, Colégio Episcopal, Bispo de Roma: cada um à escuta dos outros; e todos à escuta do Espírito Santo, o «Espírito da verdade» (Jo 14, 17), para conhecer aquilo que Ele «diz às Igrejas» (Ap 2, 7). (FRANCISCO, 2015)

Neste sentido, o primeiro passo que damos para a realização da 15ª Assembleia Arquidiocesana de Pastoral é marcado pela escuta. Os demais passos, encontram-se também neste livreto. O documento que o Secretariado de Arquidiocesano de Pastoral apresenta agora é uma ampla consulta a todo o povo de Deus sobre a caminhada eclesial nestes últimos três anos, desde a realização da nossa última Assembleia. O que fizemos? Como fizemos? Quais os frutos dessa caminhada? A partir deste processo de escuta, saberemos quais os encaminhamentos precisam ser feitos para o bom êxito dos próximos anos de nossa vida e caminhada pastoral. A partir destas respostas, elaboraremos uma primeira redação do Instrumento de Trabalho que será submetido à avaliação de cada um.

Cada Urgência Pastoral de nosso Secretariado Arquidiocesano de Pastoral preparou questões pertinentes aos seus trabalhos realizados. Esperamos que, com sinceridade, liberdade e transparência, essas questões sejam respondidas por cada comunidade paroquial, serviço, organismo, movimento e pastoral de nossa Arquidiocese. As respostas, concatenada em apenas um documento por cada seguimento acima, deve ser encaminhada ao Secretariado de Pastoral até o  dia  21 de abril de 2019,  no  e-mail:   cpastoral@arquidioceserp.org.br

Clique aqui e acesse o Subsídio: Momento da Escuta - Avaliação da 14ª APP (Questões)

Que a Virgem Maria, Mãe e Estrela da Evangelização, juntamente com São Sebastião, nosso padroeiro, intercedam por nós e por nossa Arquidiocese neste processo que agora iniciamos, a fim de que colhamos os frutos de nossa dedicação e compromisso com o Senhor!


Padre Luis Gustavo Tenan Benzi
Coordenador Arquidiocesano de Pastoral