Papa pede aos católicos que rezem pelos sacerdotes

Rede Mundial de Oração do Papa

O Papa pede aos católicos que olhem com benevolência para os sacerdotes que trabalham em cada uma das suas comunidades, lembrando que "a santidade faz sempre menos ruído que o pecado e o escândalo".

Este mês, o Santo Padre dá graças pelo exemplo dos sacerdotes, que com a sua disponibilidade e proximidade, dão testemunho do amor de Cristo, e convida-nos a rezar por eles, “para que com a sobriedade e humildade da sua vida, se empenhem numa solidariedade ativa para com os mais pobres”.

O Santo Padre sublinha que os sacerdotes “desejam seguir o estilo da vida de Jesus, com proximidade e disponibilidade, especialmente para com os mais pobres”.

Nas palavras do Papa, o sacerdote é “servo da vida, caminha com o coração e o passo dos pobres; faz-se rico pelo trato frequente com eles”.
 

Intenção

Estilo de vida dos sacerdotes (Pela Evangelização)

Pelos sacerdotes, para que, com a sobriedade e humildade da sua vida, se empenhem numa solidariedade ativa para com os mais pobres.
 

Reflexão

Um coração pobre de pastor

O mês de junho, dedicado na tradição cristã à devoção ao Sagrado Coração de Jesus, tem também como proposta aos cristãos a oração pelos sacerdotes. Neste sentido, o Papa Francisco tem como intenção um apelo à sobriedade e humildade da sua vida, concretizando-se na proximidade com os pobres.

Nesta intenção, vemos dois movimentos: um para a vida pessoal dos sacerdotes, num convite a uma vida simples e despojada, à semelhança de Jesus; e outro voltado para fora, para os mais pobres, trabalhando ativamente com eles.

Sabemos que não se pode desligar o que se passa no nosso coração daquilo que fazemos. E, neste mês, é pedido aos sacerdotes um maior testemunho de Cristo pobre, que Se faz próximo dos pobres. Devemos agradecer tantos exemplos de sacerdotes, verdadeiros pastores à semelhança do Bom Pastor, que vivem abnegadamente a sua vocação e serviço às comunidades que lhes são confiadas. Tantos bons sacerdotes que, nas suas comunidades, realizam obras admiráveis de apoio aos mais necessitados! Damo-nos conta destas atitudes e apoiamos os sacerdotes nas suas missões?

Mas também é verdade que, como pessoas humanas sujeitas à contradição, encontramos exemplos de sacerdotes que não mostram uma coerência externa com a pobreza pedida aos discípulos de Jesus. Peçamos ao Senhor, neste mês, para que a relação pessoal com Cristo transforme os sacerdotes em exemplos vivos do Evangelho. E não nos esqueçamos de nos unirmos em oração a eles e estarmos disponíveis para colaborar na exigência da sua vocação, tantas vezes vivida em solidão e dificuldade.
 

Oração

Senhor Jesus, Bom Pastor,
Tu chamas os sacerdotes a serem no mundo e na Igreja
sinais da tua presença, da tua caridade e do teu perdão.
Nós Te pedimos que os sacerdotes se sintam apoiados
pela nossa amizade e oração.
Que cada sacerdote se sinta cada vez mais apaixonado por Ti
e pelo teu estilo de vida, pobre e ao serviço dos mais pequenos.
Ajuda os sacerdotes que vivem em maiores dificuldades
e que o seu coração seja cada vez mais semelhante ao teu Coração.
Pai-Nosso...

 

Desafios

- Estar disponível para, junto do pároco ou do sacerdote responsável pela comunidade, prestar o apoio necessário à sua ação, sobretudo nas obras sociais que dinamiza.

- Na própria comunidade, promover um encontro de reflexão e formação sobre as exigências que hoje são postas ao ministério sacerdotal, com testemunhos de sacerdotes.

- Promover, na comunidade, um momento de oração centrado no Coração de Jesus, motivando os presentes a entusiasmar-se com o seguimento de Jesus, pobre e humilde.
 

Acesse o Vídeo do Papa (Junho 2019)


Fonte: https://redemundialdeoracaodopapa.pt/