Papa insiste na proteção dos oceanos e da vida marinha

Os mares e os oceanos, que albergam "a maior parte da água do planeta e também a maior variedade de seres vivos", são uma prioridade para o Papa Francisco. "A Criação é um projeto do amor de Deus pela humanidade", sublinha o Papa, recordando que o dever solidário dos católicos com a 'Casa Comum' "nasce da nossa fé".

Na edição de setembro de O Vídeo do Papa, o Santo Padre chama a atenção de todos os católicos para que rezem com ele e ajam, pedindo para que os políticos, cientistas e economistas trabalhem juntos para alcançar medidas de proteção dos oceanos. O Papa pede gestos concretos para enfrentar o problema da gestão injusta dos mares e realça a necessidade de implementar uma "abordagem interdisciplinar" que tenha em conta a pessoa humana.

O Vídeo do Papa marca, também, o início do 'Tempo da Criação', que se inicia com o Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação, a 1 de setembro, e se prolonga até 4 de outubro, dia de S. Francisco de Assis.

O padre Frédéric Fornos, sj, diretor internacional da Rede Mundial de Oração do Papa, recorda que o Papa tem apelado à proteção dos ecossistemas marinhos através de um compromisso com "mentalidade ativa, rezando como se tudo dependesse da Divina Providência e trabalhando como se tudo dependesse de nós".

A cada ano, 13 milhões de toneladas de plástico infiltram-se no oceano, provocando, entre outros danos, a morte de 100 mil espécies marinhas. Os plásticos que se deterioram no mar acabam por se converter em microplásticos, que tanto peixes como outros animais marinhos acabam por consumir. Isto contamina a cadeia alimentar a nível global.

O fitoplâncton, organismo microscópico que flutua na água e que produz oxigénio através do processo de fotossíntese, é responsável pela produção de mais de metade do oxigénio presente na atmosfera, essencial à vida na Terra. Os oceanos são, por isso, considerados um dos pulmões do planeta.

O Vídeo do Papa de setembro resulta do trabalho conjunto da agência La Machi - Comunicação para Boas Causas, da Vatican Media e da equipa de produção Esperança, dirigida pelo produtor Jean-Yves Robin e por Yann Arthus-Bertrand, realizador do documentário 'Humanos' (2015), vencedor do prémio de melhor documentário nos festivais de cinema de Pequim e de Vancouver, em 2016.

Fonte: Rede Mundial de Oração do Papa

Acesse o Vídeo do Papa para o mês de setembro