Semana Nacional da Vida e Celebração do Dia do Nascituro na Arquidiocese

De 1 a 7 de outubro será celebrada em todo o país, e também em nossa Arquidiocese, a Semana Nacional da Vida, e o Dia do Nascituro, no dia 8. O Subsídio “Hora da Vida”, este ano, nos ajuda a refletir com o tema: “Em família defendemos a vida”.

O “Hora da Vida” é um forte instrumento de estudo, reflexão e oração, respeitando as diversas realidades encontradas em todo o país, assim o agente de Pastoral pode seguir o roteiro sugerido de acordo com a sua realidade. Pode-se celebrar em casa, no quintal, no pátio de uma escola, nas comunidades, setores e em nossas igrejas, pode-se fechar uma rua e convidar os vizinhos para participar etc. Daí reforçamos o convite e proposta de nossas paróquias também fazerem uso desse rico material, semelhante ao “Hora da Família” ou do material que preparamos e deixamos à vossa disposição, afim de colaborar com nossas Semanas da Vida.

A Comissão Arquidiocesana em Defesa da Vida (CADV) e a Pastoral Familiar reforçam o convite para a celebração Eucarística, presidida pelo arcebispo Dom Moacir Silva, no dia 8 de outubro, Dia do Nascituro, na Paróquia São Francisco de Assis, no Castelo Branco Novo, em Ribeirão Preto, às 19h30, com a bênção das gestantes e mulheres que querem engravidar.

Comissão em Defesa da Vida apresenta ações para a Semana Nacional da Vida

Em carta enviada as dioceses, Dom Eduardo Malaspina, Bispo Auxiliar da Diocese de São Carlos e Bispo Referencial Sul 1 da CNBB para Defesa da Vida, apresenta sugestões para a Semana Nacional da Vida:

Confira a íntegra da carta:

Estamos próximos da Semana Nacional da Vida 2019, e quero enfatizar este momento através da carta explicativa e motivadora recebida de Dom Ricardo Hoepers. “A Vida é um Dom inalienável para a qual todo serviço é necessário em vista da sua valorização. Se a Vida é Dom de Deus, e assim o cremos, urge que sejamos criativos, perspicazes e ousados no nosso trabalho de conscientização dos fiéis, do povo e das autoridades. Este é um trabalho que não cessa! De 01 a 07 de outubro, a Igreja celebra a Semana da Vida, intensificando seu posicionamento em defesa da mesma, através de ações que façam despertar as consciências, muitas vezes amortecidas pela cultura do descartável. Encerra esta celebração, o dia do Nascituro, em 08 de outubro, para lembrar que desde a concepção, já há pessoa em formação, esta tem direito a vida, e um direito que se estende até seu fim último…”

Assim sendo, apresentamos propostas mais plausíveis de ação, que podem ser incrementadas pelas iniciativas e criatividades dos presbíteros, diáconos, religiosos, consagrados, seminaristas e também pelos leigos e leigas de nossas Comunidades Paroquias, em especial os membros da Pastoral Familiar ou movimentos afins.

Sugestões:

Dia 01º de Outubro – 12h, 15h e 18h – tocar os sinos e recitar a Oração do Nascituro.

Dia 06 de Outubro – Nas missas – dar uma benção especial para as gestantes.

Dia 08 de Outubro – Marcar um Encontro em frente a uma Igreja Central da cidade – providenciar velas para todos, refletir sobre o Dia do Nascituro – acender as velas e rezar entre outras orações, também a oração do nascituro.

 Como pede o Papa Francisco, “nossa defesa dos inocentes ainda não nascidos, precisa ser clara, firme e apaixonada, porque o que está em jogo é a dignidade da vida humana, que sempre é sagrada e demanda o amor de cada pessoa, sem importar seu estágio de desenvolvimento”.

Confiamos a Maria, Mãe de Jesus, nossa Semana pedindo sua intercessão junto a Deus para as nossas famílias, especialmente para as mães e os nascituros.

Na edificação do Corpo de Cristo, concluo com minha saudação fraterna e bênçãos no Senhor.

Dom Eduardo Malaspina
Bispo Referencial Sul 1 da CNBB para Defesa da Vida