Arquidiocese, diocese e prelazia são instaladas e bispos tomam posse

Na caminhada pós-sinodal, a Igreja na Amazônia ganha novo impulso após as mudanças realizadas pelo Papa Francisco em algumas Igrejas particulares da região. No último final de semana, foram erigidas no Pará a arquidiocese de Santarém e a diocese do Xingu-Altamira. No Amazonas, a arquidiocese de Manaus conta com novo arcebispo. No próximo domingo, será e a instalação da prelazia de Alto Xingu-Tucumã e a posse do novo bispo.

Arquidiocese de Santarém

A diocese de Santarém (PA) foi elevada a arquidiocese com a instalação da Província Eclesiástica, no último domingo, dia 2 de fevereiro. Na ocasião, foi empossado o primeiro arcebispo, dom Irineu Roman, até então auxiliar de Belém (PA). A missa que marcou a instalação da arquidiocese foi presidida pelo núncio apostólico no Brasil, dom Giovanni D’Aniello. A celebração teve a presença do bispo de Roraima (RR) e segundo vice-presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Mário Antônio da Silva, e de outros bispos do Norte e Nordeste brasileiros, como o bispo de Óbidos (PA) e presidente do regional Norte 2 da CNBB, dom Bernardo Bahlmann.

Dom Irineu Roman assumiu a presidência da Eucaristia após a posse e afirmou que está pronto “a servir com fé, com amor e com dedicação a esta Igreja, estas comunidades, a todo esse povo que compõe a região do Baixo Amazonas”. Ele reconhece que é muito trabalho, e por isso pede muita sabedoria para conduzi-lo. “O importante é que possamos caminhar juntos com todas as forças existentes nesta região”, destacou dom Irineu, que celebrou uma missa no mesmo dia na catedral Nossa Senhora da Conceição, Sé metropolitana.

A Província Eclesiástica de Santarém tem a seguinte formação: arquidiocese de Santarém (sede), prelazia de Itaituba, diocese de Óbidos, diocese do Xingu (sede na cidade de Altamira) e prelazia do Alto Xingu (sede em Tucumã).

Diocese do Xingu

No sábado, 1º de fevereiro, mais de duas mil pessoas lotaram o Centro de Eventos de Altamira para a cerimônia de instalação da diocese do Xingu-Altamira e a posse do bispo diocesano, dom João Muniz Alves. Com um abraço, o núncio apostólico no Brasil, dom Giovanni D’Aniello entregou a dom João o báculo, sinal do pastoreio e do múnus episcopal de santificar e governar aquela porção do povo de Deus.

Ao final da celebração, o arcebispo de Belém e vice-presidente do regional Norte 2 da CNBB, dom Alberto Taveira Corrêa, presenteou dom João e a nova diocese com uma imagem de Nossa Senhora de Nazaré. Dom João recordou que a Rainha da Amazônia é a padroeira da diocese e pediu que todos cantassem o “Lírio Mimoso”.

Na sequência, dom João recordou a caminhada da prelazia do Xingu: “Este dia de hoje marca a história de nossa Igreja e demonstra um reconhecimento da fé de nosso povo e da ação de Deus em nós que estamos nesta região”, destacou.

Manaus

A posse de dom Leonardo Steiner como novo arcebispo de Manaus, sucedendo a dom Sérgio Castriani, foi na noite de sexta-feira, 31 de janeiro. A cerimônia foi realizada na Catedral Nossa Senhora da Conceição com a presença dos dois presidentes da CNBB que estiveram ao lado de dom Leonardo quando este foi secretário geral da entidade: o cardeal Raymundo Damasceno Assis e o cardeal Sergio da Rocha. O atual presidente da Conferência, dom Walmor Oliveira de Azevedo também esteve na celebração, junto com o primeiro e o segundo vice-presidentes, dom Jaime Spengler e dom Mário Antônio da Silva, e outros 23 bispos de outras prelazias e arquidioceses e dioceses.

Padres amigos de dom Leonardo, padres e diáconos do clero de Manaus, seminaristas, religiosos e religiosas, leigos e leigas dentre agentes pastorais, movimentos e grupos, membros da sociedade civil, autoridades em geral e familiares do novo arcebispo também lotaram a catedral e ocuparam as mais de 800 cadeiras dispostas na área externa da matriz.

Ao final de sua homilia, dom Leonardo expressou votos de gratidão, encerrando direcionado ao Papa Francisco: “Gratidão ao Papa Francisco por ter-me enviado para a Amazônia! Quantas vezes ele manifestou sua preocupação pastoral e a preocupação com a casa comum em relação a Amazônia, durante as visitas da presidência da CNBB. A arquidiocese de Manaus fará todo o esforço para cuidarmos da Amazônia, nossa casa comum e de seus povos originários conforme a solicitude do Santo Padre”, afirmou.

Alto Xingu

A cidade de Tucumã (PA) será, a partir do próximo domingo, a sede da nova prelazia da Igreja no Brasil, que recebeu o nome de Alto Xingu-Tucumã. Na última semana, o bispo eleito da prelazia, dom Jesús María Mauleón, que foi ordenado recentemente, visitou a sede do regional Norte 2 da CNBB, em Belém, para conhecer a estrutura que abriga as pastorais e organismos.

Fonte: CNBB