Hoje é
Notícias

11/05
2015

Comunidade

Dom Moacir visita a CMDM e a reconhece canonicamente

Em 25 de março, o arcebispo dom Moacir Silva esteve em Batatais (SP) para visitar as casas de missão da Comunidade Missionária Divina Misericórdia (CMDM). Ele passou toda a manhã naquela cidade e pode constatar e verificar de perto o trabalho


Dom Moacir visita a CMDM e a reconhece canonicamente

Em 25 de março, o arcebispo dom Moacir Silva esteve em Batatais (SP) para visitar as casas de missão da Comunidade Missionária Divina Misericórdia (CMDM). Ele passou toda a manhã naquela cidade e pode constatar e verificar de perto o trabalho que a comunidade realiza com os irmãos que vivem na periferia da existência humana.

A visita começou pelo Recanto da Imaculada Conceição, espaço onde a comunidade mantém três casas. Lá, dom Moacir, foi recepcionado pelo fundador diácono Irmão Francisco Alves Ferreira Neto, os Diretores Espirituais, padres: Nelci Amandio de Souza e Neuber Johnny Teixeira, e pelo coordenador do recanto Irmão Raphael. No recanto, o arcebispo, visitou todas as casas sendo elas: o Lar Madre Teresa de Calcutá, local para acolhimento de pessoas enfermas e com necessidades especiais; o Lar São Francisco de Assis, espaço para acolhimento de média e longa permanência de homens que estão em situação de rua; e a Casa de Simeão, ambiente para acolhida das mulheres em situação de rua. O arcebispo, juntamente com os presentes no recanto, rezou a oração das Laudes, em um momento marcante para todos da comunidade, e em seguida dirigiu algumas palavras e também escutou alguns dos acolhidos, inclusive abençoando os enfermos ali presentes.


Ao deixar o Recanto da Imaculada Conceição, na companhia do fundador diácono Irmão Francisco e do diretor espiritual da comunidade padre Nelci, o arcebispo deu continuidade a visita se dirigindo até o Retiro Santa Paulina, imóvel localizado na zona rural de Batatais e de propriedade da Arquidiocese, mas cedido em comodato comunidade para realização de sua missão. Neste espaço, dom Moacir, conheceu e conversou com todos os acolhidos e missionários e dirigiu palavras de entusiasmo e esperança.

Na sequência, a visita seguiu para a Casa Mãe da comunidade, onde tudo começou há quase 12 anos. O fundador da comunidade apresentou um relato da história da comunidade, e mostrou as instalações de acolhimento aos irmãos de rua que estão de passagem pela cidade. Neste local funcionam as instalações da Web Radio CMDM, que conta com uma programação católica 24 horas no ar. O arcebispo ainda visitou a Capela do Santíssimo, onde se ajoelhou e permaneceu em oração por alguns minutos.

Em seguida, todos se reuniram no auditório, e com a presença do arcebispo, meditaram a liturgia do dia, que na ocasião era a solenidade da Anunciação do Senhor, e surpreendendo os presentes, como o Anjo surpreendeu a Maria, dom Moacir anunciou uma boa nova: informou ao fundador da comunidade e a todos os presentes, que de acordo com o pedido entregue no dia 1 de outubro de 2013, acompanhado do Estatuto Canônico, reconhece canonicamente o Estatuto da Comunidade Missionária Divina Misericórdia, para uma experiência de seis anos, na qual o mesmo deverá ser revisado após este período. O decreto de reconhecimento para a oficialização de tal ato foi datado de 25 de março de 2015.


A boa notícia deixou a todos extasiados, e depois da bênção, o arcebispo, seguiu para conhecer a última casa de missão da comunidade de Batatais: a Casa Bom Pastor, que realiza um trabalho com pessoas portadoras de deficiência física. Ali, dom Moacir, conheceu cada um dos acolhidos e também toda a equipe técnica dirigindo palavras de consolo e encorajamento.

Ao término da visita, o arcebispo se despediu e agradeceu a manhã intensa e rica de convivência com vidas e vocações, numa terra fértil para que o reino de Deus possa acontecer na vida de tantos irmãos e irmãs chagados pela sociedade.

História A Comunidade Missionária Divina Misericórdia (CMDM) foi fundada em 1 de outubro de 2003, pelo Irmão Francisco Alves Ferreira Neto, em Batatais (SP). O carisma da CMDM é Ser Sinal da misericórdia do Pai no mundo de hoje e sua missão é praticar as obras de misericórdia, espirituais e corporais, e com isto atendem aos moradores de rua, andarilhos, ex-presidiários, dependentes químicos, alcoólatras, medidas de proteção para mulheres e outros. Estes atendimentos são realizados gratuitamente pelos irmãos de vida consagrada.

A comunidade conta atualmente com as seguintes casas: em Batatais: Casa Mãe, Lar Madre Teresa, Retiro Santa Paulina, Casa Simeão, Lar São Francisco; Casa Bom Pastor; em Cajuru: Casa de Formação; e São Carlos: Casa São João Batista.

Conheça mais:

Site: www.cmisericordia.com.br
E-mail: cmisericordia@netsite.com.br




CONTATO

Rua Tibiriçá nº 879 – Centro
CEP: 14010-090
Ribeirão Preto/SP


Atendimento

de 2ª a 6ª feira
Das 8h às 12h
Das 13h às 17h (16) 3610 8477

Copyright © 2019 - Arquidiocese de Ribeirão Preto - Desenvolvido por Com5