Hoje é
Notícias

12/04
2016

Catedral

Manifestação reúne fiéis em defesa da Catedral de São Sebastião

Ao menos 400 fiéis participaram na manhã de domingo, 10 de abril, s 10 horas, de um Manifesto em defesa da preservação do patrimônio histórico da Catedral Metropolitana de São Sebastião


Manifestação reúne fiéis em defesa da Catedral de São Sebastião

Acesse a Galeria de Fotos

Ao menos 400 fiéis participaram na manhã de domingo, 10 de abril, s 10 horas, de um Manifesto em defesa da preservação do patrimônio histórico da Catedral Metropolitana de São Sebastião. A concentração de participantes ocorreu na frente do Palácio do Rio Branco, sede da Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto, e foi marcada por uma caminhada até a Catedral Metropolitana. A intenção do manifesto é sensibilizar as autoridades municipais para a não construção de Estações ou Terminais de ônibus na área das Praças da Catedral. A Catedral Metropolitana de São Sebastião e a Arquidiocese de Ribeirão Preto não são contra a construção de estações ou terminais de ônibus, mas se posicionam contrária a implantação no entorno do prédio histórico da Catedral, pois isto acarretará ainda mais a intensificação do trânsito e o prejuízo para o patrimônio histórico e arquitetônico da Catedral, e da comunidade cristã.

Motivação - No dia 5 de abril, o Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico), aprovou parcialmente a construção das plataformas nas Praças da Catedral, e alegou não ter recebido o contra laudo da Catedral e nenhuma comunicação solicitando a prorrogação para a entrega do documento que está sendo finalizado pela Catedral. A Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto, prontamente, no dia 6, deu início aos preparativos para a construção da primeira, das cinco plataformas previstas. Saiu no Diário Oficial que a aprovação não foi total, ainda estão esperando alguns laudos técnicos da nossa Catedral. Então, que vocês saibam disso, que esta verdade seja esclarecida, porque é muito fácil jogar a culpa nos outros, a culpa na Igreja, a Igreja que sempre se preocupou com o movimento da nossa cidade, onde tudo nasceu e cresceu ao redor da nossa Igreja Católica e aproveito para agradecer a todos o apoio, das 25 entidades que estão apoiando e da Câmara Municipal, disse padre Francisco Zanardo Moussa, pároco da Catedral.

A historiadora Nainôra Maria Barbosa de Freitas defende a valorização do entorno da Catedral. No mundo inteiro o patrimônio cultural é protegido com acessibilidade e as pessoas entendem o quanto a memória de cada localidade representa para a história desta população. Pensar a memória que representa a Catedral é ir além das telas de Benedito Calixto e todas as outras obras de arte que ela contém. pensar também o que nós queremos deixar para a geração seguinte. Se um dia fechou-se a frente do Theatro Pedro II, porque não podemos fechar a frente da Catedral? Por que não podemos ter acessibilidade a um dos prédios mais importantes do patrimônio histórico de Ribeirão Preto? Então, pensar estratégias de mobilidade social, de proteção do patrimônio está além de pensar numa única crença que a Catedral representa, destacou Nainôra.

Manifesto - Com orações, cânticos e reflexões, os fiéis partiram da sede da Prefeitura, acompanhados por um caminhão de som, e ao chegarem Catedral, em sinal de unidade e comunhão em defesa da Igreja Mãe da Diocese de Ribeirão Preto, os fiéis abraçaram carinhosamente a Igreja Mãe da Arquidiocese de Ribeirão Preto, que merece o respeito, o cuidado e o zelo na preservação de sua estrutura física, uma estrutura que revela a história e a cultura de um povo.

Preservar é preciso! A Catedral Metropolitana de São Sebastião é um patrimônio histórico que pertence a toda a comunidade ribeirão-pretana e merece ser preservada!


CONTATO

Rua Tibiriçá nº 879 – Centro
CEP: 14010-090
Ribeirão Preto/SP


Atendimento

de 2ª a 6ª feira
Das 8h às 12h
Das 13h às 17h (16) 3610 8477

Copyright © 2019 - Arquidiocese de Ribeirão Preto - Desenvolvido por Com5