Hoje é
Notícias

13/07
2016

Apostolado da Oração

Concentração do Apostolado da Oração e acolhida da nova diretoria

O Apostolado da Oração da Arquidiocese de Ribeirão Preto realizou no dia 25 de junho, das 8h s 12h, na paróquia Santa Teresinha Doutora, a Concentração Arquidiocesana


Concentração do Apostolado da Oração e acolhida da nova diretoria

Acesse a Galeria de Fotos

O Apostolado da Oração da Arquidiocese de Ribeirão Preto realizou no dia 25 de junho, das 8h s 12h, na paróquia Santa Teresinha Doutora, na Ribeirânia, em Ribeirão Preto (SP), a Concentração Arquidiocesana. Neste ano a concentração ocorreu em um único encontro e reuniu todas as paróquias das 10 foranias da arquidiocese. 

Na abertura da concentração, os membros do Apostolado da Oração participaram da oração e Adoração ao Santíssimo Sacramento, presidida pelo padre José Eduardo Previato Carmanham. Em seguida, o padre Edgard Sebastião Rosse, pároco da paróquia Santo Estevão Diácono, em Ribeirão Preto, refletiu sobre o tema O Apostolado da Oração e as Obras de Misericórdia Corporais e Espirituais.

O encontro terminou com a Eucaristia presidida pelo arcebispo dom Moacir Silva e a posse da nova diretoria do Apostolado da Oração. Concelebraram os padres: José Eduardo Previato Carmanham, Pedro Ricardo Bartolomeu e Luís Gustavo Tenan Benzi, Coordenador de Pastoral. 

Na introdução da homilia, o arcebispo dom Moacir, meditou a respeito da persistência dos associados do Apostolado na oração e contemplação do Sagrado Coração de Jesus. A Celebração do Sagrado Coração de Jesus é um forte convite para contemplarmos o infinito amor de Deus para com todos e cada um de nós, do qual o Coração de Jesus de Jesus é o sinal mais eloquente. A Palavra de Deus, que ouvimos há pouco, é um forte apelo para contemplarmos o incomensurável amor que Deus, nosso Senhor, tem por todos e cada um de nós, disse dom Moacir.

Ao meditar o Evangelho, dom Moacir, indicou a alegria do coração misericordioso de Deus na preocupação com cada um de nós. No Evangelho, de hoje, Jesus revela alegria do coração misericordioso de Deus ao ir em busca da ovelha perdida, encontrá-la e trazê-la de volta: haverá mais alegria no céu por um só pecador que se converte, do que por noventa e nove justos que não precisam de conversão. Hoje queremos contemplar o amor misericordioso de Deus por nós, simbolizado no Coração de Jesus. Com muita razão, o coração do Verbo encarnado é considerado índice e símbolo do tríplice amor com que o divino Redentor ama continuamente o Eterno Pai e todos os homens, salientou o arcebispo.

Ao concluir a homilia, dom Moacir, convidou os fiéis a viverem com intensidade a espiritualidade do Sagrado Coração de Jesus e serem testemunhas de Cristo na missão da Igreja. Queridos Irmãos e Irmãs, contemplemos o Sagrado Coração de Jesus, que é fonte de vida, porque por seu intermédio se realizou a vitória sobre a morte. Ele é também fonte de santidade, porque Nele é derrotado o pecado, que é inimigo da santidade, inimigo do progresso espiritual do homem. No Coração do Senhor Jesus, tem início a santidade de cada um de nós. Aprendamos deste Coração o amor a Deus e a compreensão do mistério do pecado. Façamos atos reparadores ao Divino Coração pelos pecados cometidos por nós e pelo nosso próximo. Reparemos pela recusa da bondade e do amor de Deus. Aproximemo-nos todos os dias desta fonte de água viva. Invoquemos com a mulher samaritana: dai-nos desta água, porque ela dá a vida eterna. Coração de Jesus, fornalha ardente de caridade,  Coração de Jesus, fonte de vida e de santidade, Coração de Jesus, propiciação pelos nossos pecados - tende piedade de nós. Amém, concluiu o arcebispo.

Antes da bênção, o arcebispo deu posse ao novo assessor espiritual do movimento, o padre Pedro Ricardo Bartolomeu, e a nova diretoria que conta com um representante de cada forania. Ainda, houve a homenagem ao padre José Eduardo e aos integrantes da atual diretoria que encerrou o seu mandato nesta concentração após nove anos de trabalhos.

Nova Diretoria - O padre Pedro Ricardo Bartolomeu, reitor do Santuário Bom Jesus da Cana Verde, em Batatais (SP), assume a assessoria espiritual do Apostolado da Oração. Padre Pedro substitui ao padre José Eduardo Previato Carmanham, que desde 2007 acompanhou o movimento, juntamente com as coordenadoras Lúcia Brondi e ridi Rosa. 

A nova diretoria é composta pelo diretor espiritual: padre Pedro Ricardo Bartolomeu e os representantes das foranias: São Sebastião: Lúcia Maria Palomaris; Santa Maria Goretti: Marli Galhardo Moreira da Silva (secretária); Cristo Operário: Maria de Fátima Camargo; Santo Antônio Maria Claret: Davi Reis da Freiria (tesoreiro); Nossa Senhora Aparecida: Vera Lúcia Aparecida Ribeiro Simão Ninin; Senhor Bom Jesus da Cana Verde: Ana Cláudia Parente (presidente) e Dinaléia Teixeira da Silva (Vice-presidente); São Bento: Vanisa Edna da Silva Monteiro. As foranias Santo Antônio, São José e Bom Jesus da Lapa farão ainda a indicação dos representantes.

Nova Diretoria do Apostolado da Oração

Diretoria no período de 2007 a 2016


CONTATO

Rua Tibiriçá nº 879 – Centro
CEP: 14010-090
Ribeirão Preto/SP


Atendimento

de 2ª a 6ª feira
Das 8h às 12h
Das 13h às 17h (16) 3610 8477

Copyright © 2019 - Arquidiocese de Ribeirão Preto - Desenvolvido por Com5