Hoje é
Notícias

05/12
2016

Arcebispo

Entrevista - Dom Moacir celebra 30 anos de ordenação sacerdotal

Com o lema sacerdotal: Sacerdote: homem de Deus em meio aos homens, o arcebispo metropolitano de Ribeirão Preto, dom Moacir Silva, celebra hoje, 6 de dezembro, 30 anos de vida sacerdotal


Dom Moacir celebra 30 anos de ordenação sacerdotal

Com o lema sacerdotal: Sacerdote: homem de Deus em meio aos homens, o arcebispo metropolitano de Ribeirão Preto, dom Moacir Silva, celebra hoje, 6 de dezembro, 30 anos de vida sacerdotal.

Dom Moacir Silva, 62, natural de São José dos Campos (SP), entrou para o seminário aos 21 anos. Fez o Curso Filosófico, entre 1980 e 1982, no Seminário Bom Jesus, em Aparecida (SP) e o Curso Teológico, entre 1983 e 1986, no Instituto Teológico Sagrado Coração de Jesus, em Taubaté (SP). Foi ordenado sacerdote em 6 de dezembro de 1986, pelas mãos de Dom Eusébio Oscar Scheid, SCJ, sendo o sexto padre a ser ordenado na Diocese de São José dos Campos. De 1986 até 2004, exerceu o ministério sacerdotal, antes de ser nomeado, em 2004, para o ministério episcopal na diocese de São José dos Campos.

Em 24 de abril de 2013, dom Moacir foi nomeado pelo papa Francisco arcebispo metropolitano de Ribeirão Preto, e tomou posse na Catedral Metropolitana de São Sebastião, em 23 de junho de 2013.

A celebração eucarística em ação de graças pelos 30 anos de ordenação sacerdotal será nesta terça-feira, 6 de dezembro de 2016, s 20 horas, na paróquia Nossa Senhora de Fátima, Sumaré, em Ribeirão Preto (SP).

Em entrevista, dom Moacir, nos fala do significado da experiência de 30 anos de vida sacerdotal e 12 de ministério episcopal.

Igreja-Hoje - Conte-nos um pouco de como surgiu o despertar da vocação sacerdotal?

Dom Moacir - Desde pequeno pensava em ser padre. Gostava de ver o Padre celebrar a Missa; isso me chamava atenção; em casa repetia os gestos do padre. Um dado importante: eu participava da missa apenas 4 vezes por ano; nossa comunidade era rural e, naquele tempo, o padre ia para celebrar a festa da padroeira: Nossa Senhora d'Ajuda, a festa do Divino Espírito Santo, de São Sebastião e de São Benedito. Minha decisão de ir para o Seminário se deu já na idade adulta, aos 21 anos de idade. Ingressei no Seminário no dia 6 de fevereiro de 1976; completei o ensino fundamental e médio e, depois, Filosofia e Teologia. Foram 10 anos e 10 meses de formação presbiteral inicial. Fui ordenado sacerdote no dia 6 de dezembro de 1986.

IH - Qual avaliação o senhor faz desses 30 anos de vida sacerdotal? E quais os maiores desafios vividos neste período?

Dom Moacir - Foi uma rica experiência. Exerci o mistério presbiteral por 18 anos, dos quais os 2 primeiros anos como vigário paroquial na Catedral Diocesana de São Dimas, depois como pároco da Paróquia Coração de Jesus, por 4 anos e, por fim, 12 anos como pároco da Catedral. Acompanhei diversas pastorais a nível diocesano tais como juventude, família, vocacional, saúde, escola e colégio diaconal. Desde o primeiro ano de padre ajudei na formação dos seminaristas; atuei como reitor interino da teologia por um semestre e vice-reitor da mesma por alguns anos. Depois de 18 anos de ministério presbiteral chegou o ministério episcopal. Desafios sempre aparecem, mas a graça de Deus sempre me sustentou. A obra é de Deus e é ele que a realiza; esforço-me para não atrapalhar tanto a ação dele; tenho consciência de que Ele me quis como instrumento, por puro amor de predileção da parte Dele para comigo.

IH - Como o senhor avalia, dentro destes 30 anos de vida sacerdotal, os 12 anos de ministério episcopal?

Dom Moacir - Nesses 12 anos de ministério episcopal vivenciei diversas experiências que tal ministério comporta. Com o passar do tempo vou percebendo que é consolador saber que Deus realmente sabe quem sou e não se assusta com a minha pequenez. reconfortante conservar no coração a memória da sua voz que me chamou, precisamente a mim, não obstante as minhas  insuficiências. Enche de paz abandonar-me certeza de que será Ele, e não eu, quem levará a cumprimento aquilo que Ele mesmo começou.

IH - O que motivou o senhor a escolher como lema sacerdotal: Sacerdote: homem de Deus em meio aos homens?

Dom Moacir - Ao longo de minha formação presbiteral inicial fui percebendo que só é possível viver bem o ministério sacerdotal numa profunda intimidade com Jesus Cristo, com Deus. Por isso, fiz minha síntese teológica com o tema: Sacerdote: homem de Deus em meio aos homens. Não foi apenas tema de síntese conclusiva de teologia, mas meu programa de vida sacerdotal.

IH - Como tem sido estes três anos de ministério episcopal na Arquidiocese de Ribeirão Preto?     

Dom Moacir - Tem sido uma rica experiência. Cheguei aqui dizendo que ia integrar-me numa igreja centenária e depois dar minha contribuição para esta mesma igreja. O primeiro ano foi mais de conhecimento, de observação da caminhada pastoral. Neste tempo, destaco o processo da 14 Assembleia Arquidiocesana de Pastoral e a aplicação das Diretrizes que nasceram da Assembleia.


      


Fotos da Ordenação Sacerdotal de Dom Moacir Silva - 6.12.1986



Dom Moacir Silva e seus pais: Brasilino Silva e Maria Augusta Silva (já falecidos)



CONTATO

Rua Tibiriçá nº 879 – Centro
CEP: 14010-090
Ribeirão Preto/SP


Atendimento

de 2ª a 6ª feira
Das 8h às 12h
Das 13h às 17h (16) 3610 8477

Copyright © 2019 - Arquidiocese de Ribeirão Preto - Desenvolvido por Com5