Hoje é
Notícias

29/12
2016

Natal

Católicos participam da Missa da noite de Natal na Catedral de São Sebastião

O arcebispo dom Moacir Silva presidiu a Missa da noite de Natal, 24 de dezembro de 2016, na Catedral Metropolitana de São Sebastião, em Ribeirão Preto (SP).


Católicos participam da Missa da noite de Natal na Catedral de São Sebastião

Acesse a Galeria de Fotos

O arcebispo dom Moacir Silva presidiu a Missa da noite de Natal, 24 de dezembro de 2016, na Catedral Metropolitana de São Sebastião, em Ribeirão Preto (SP). Concelebrou o pároco padre Francisco Jaber Zanardo Moussa, e serviu nas funções litúrgicas o diácono João Paulo Tarlá Júnior.

Na liturgia da missa da noite de natal, tradicional Missa do Galo, a Igreja anuncia solenemente o nascimento de Jesus. Após o sinal da cruz e a saudação  presidencial e,  antes  da entoação do Glória, o diácono João Paulo fez a proclamação do anúncio  natalino ao recitar em canto gregoriano a Kalenda (anúncio natalino). Em seguida deu-se início a entoação do hino do glória e o arcebispo recebeu das mãos de uma família a imagem do Menino Jesus para entronizá-la na manjedoura. O arcebispo incensou o presépio, meditou alguns minutos, e depois deu continuidade ao rito da missa.

Dom Moacir, na homilia, destacou o sentido da celebração do Natal. Queridos irmãos e queridas irmãs, hoje nasceu o nosso Salvador. Alegremo-nos. Deixemos que a riqueza da Liturgia desta Noite Santa penetre o mais profundo de nosso ser e, assim, alimente nossa vida cristã, frisou o arcebispo

Ao meditar a liturgia da Palavra, o arcebispo sublinhou o aspecto da luz e da esperança trazida pelo nascimento do salvador. Hoje, também queremos acolher esta palavra, esta luz como anúncio de salvação. Vivemos num mundo marcado pelas trevas do pecado, do egoísmo, da violência, da corrupção, da falta de solidariedade, do desrespeito ao valor inviolável da vida humana. No meio dessas trevas, rezamos ao nosso Deus que fez resplandecer esta noite santa com a claridade da verdadeira luz (Coleta), o Cristo Jesus. Hoje uma luz brilhou para nós. Nesta noite a esperança é renovada. possível um mundo de paz, justiça, amor e fraternidade. Pois, esta luz, que é Jesus, o Verbo que fez homem, afeta o íntimo do homem: a luz do bem que vence o mal, do amor que supera o ódio, da vida que vence a morte. Com o Natal de Jesus, entrou no mundo a esperança... O Senhor entra no mundo e dá-nos a força de caminhar com Ele para a vida plena, de viver de maneira nova o presente com as suas fadigas (Papa Francisco Audiência Geral de 21/12/16), sublinhou dom Moacir.

Na reflexão do Evangelho (Lc 2, 1-14), o arcebispo apontou a simplicidade e a pobreza na expressão singela do nascimento de Jesus, e a extrema preocupação e amor de Deus pelos homens. No Evangelho, São Lucas descreve com algum pormenor a pobreza e a simplicidade que rodeiam a vinda ao mundo do Salvador dos homens: a falta de lugar na hospedaria, a manjedoura dos animais servindo de berço, os panos improvisados que envolvem o recém-nascido, a visita dos pastores (...) O menino de Belém nos leva a contemplar o incrível amor de um Deus que se preocupa até ao extremo com a vida e a felicidade dos homens e que envia o próprio Filho ao mundo para apresentar aos homens um projeto de salvação. Nesse menino de Belém, Deus grita para nós a radicalidade do seu amor por nós, expressou dom Moacir.

E, ao concluir a homilia, o arcebispo relembrou o sentido do nascimento de Cristo e a importância de renovarmos a fé a partir deste acontecimento. Queridos irmãos e queridas irmãs! O presépio mostra-nos o sinal que Deus nos deu: um menino envolto em panos e deitado numa manjedoura (Lc 2, 12). Como fizeram os pastores de Belém, vamos também nós ver este sinal, este acontecimento que, em cada ano, se renova na Igreja. O Natal é um acontecimento que se renova em cada família, em cada paróquia, em cada comunidade que acolhe o amor de Deus encarnado em Jesus Cristo [...] Juntamente com os pastores, prostremo-nos diante do Cordeiro, adoremos a Bondade de Deus feita carne e deixemos que lágrimas de arrependimento inundem os nossos olhos e lavem o nosso coração. Disto todos temos necessidade (Papa Francisco, Natal 2015).     Por fim, nossa gratidão. Obrigado, Menino de Belém, por vir partilhar conosco a Tua vida e, assim, nos tornar participantes desta vida. Ajuda-nos a viver intensamente este mistério, hoje e sempre. Amém!, concluiu dom Moacir.

A celebração contou com a presença da Pastoral dos Surdos da Catedral Metropolitana, que traduziu toda a celebração em Libras (Linguagem Brasileira de Sinais). Depois da comunhão, os integrantes desta pastoral se reuniram nas escadarias do presbitério e formaram um coral para entoar em Libras o cântico Noite Feliz, acompanhado pela equipe de animação litúrgica da Catedral, fato que emocionou os presentes. 

Antes da bênção final, o arcebispo dom Moacir desejou votos de um feliz e santo natal aos presentes, e extensivamente a todos os arquidiocesanos. Após a bênção, o arcebispo e concelebrantes se dirigiram porta de entrada da Catedral para cumprimentar e desejar Feliz Natal aos fiéis.


CONTATO

Rua Tibiriçá nº 879 – Centro
CEP: 14010-090
Ribeirão Preto/SP


Atendimento

de 2ª a 6ª feira
Das 8h às 12h
Das 13h às 17h (16) 3610 8477

Copyright © 2019 - Arquidiocese de Ribeirão Preto - Desenvolvido por Com5