Hoje é
Notícias

06/04
2017

Arquidiocese

Arquidiocese celebrou a iniciativa 24 horas para o Senhor

A quarta edição da iniciativa 24 horas para o Senhor, convocada pelo papa Francisco e promovido pelo Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização, ocorreu nos dias 24 e 25 de março


Arquidiocese celebrou a iniciativa 24 horas para o Senhor

Acesse a Galeria de Fotos

A quarta edição da iniciativa 24 horas para o Senhor, convocada pelo papa Francisco e promovido pelo Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização, ocorreu nos dias 24 e 25 de março, na Catedral Metropolitana de São Sebastião, em Ribeirão Preto, e na Forania Nossa Senhora Aparecida, tendo sede a paróquia São Sebastião, em Sertãozinho. Em Ribeirão Preto, na sexta-feira, 24, um grupo de padres visitou e prestou atendimento em hospitais: Hospital das Clínicas (Campus), Hospital Ribeirânia, Hospital Estadual e Santa Casa de Misericórdia. Os fiéis foram convidados a participar e vivenciar neste tempo quaresmal o evento 24 horas para o Senhor que propiciou um prolongado atendimento da confissão, momentos de oração e adoração eucarística. Em comunhão com o papa, o evento uniu as dioceses de todo o mundo numa jornada de oração e misericórdia.

A proposta do evento é que as igrejas permanecessem abertas durante 24h para que os fiéis pudessem participar do Sacramento da Reconciliação, ajudando a viver a Quaresma, em preparação Páscoa.

Em unidade e comunhão, as paróquias, foranias, movimentos, pastorais e serviços se uniram para realizar uma intensa e extensa programação que incluiu momentos de Adoração Eucarística, Vigília, Anúncio do Evangelho, Celebrações Eucarísticas e atendimentos de confissões. Milhares de fiéis passaram pela Catedral Metropolitana de São Sebastião, em Ribeirão Preto, e paróquia São Sebastião, em Sertãozinho, das 19 horas, da sexta-feira, 24 de março, até as 18 horas, do sábado. O tema deste ano: Eu quero misericórdia, extraído do Evangelho de Mateus (Mt 9,13) orientou as reflexões. A cada hora houve revezamento das paróquias, foranias, padres, diáconos, seminários, pastorais, movimentos e serviços, que organizaram a adoração Eucarística, celebrações eucarísticas, e padres estiveram disposição dos fiéis para o atendimento de confissões. 


Na concelebração Eucarística que reuniu o Clero da Arquidiocese de Ribeirão Preto, iniciada meia-noite, do dia 25, Solenidade da Anunciação do Senhor, o arcebispo dom Moacir Silva, na homilia, explicou o sentido deste evento e a importância de unidos rezarmos pela misericórdia de Deus. Estamos, mais uma vez, vivendo a iniciativa 24 para ao Senhor: um momento forte de oração e de reconciliação com o Senhor. Nesta bela celebração, a Igreja abre suas portas durante esse tempo para a reflexão, oração, adoração, celebração, louvor e para a administração do Sacramento da Penitência. O Papa Francisco ilustrou bem a questão central do Sacramento da Confissão ou da Reconciliação: O primeiro passo para penetrar neste mistério, a grande obra de misericórdia de Deus, é envergonhar-se dos próprios pecados, uma graça que não podemos obter sozinhos., destacou dom Moacir.

E, na continuidade, dom Moacir refletiu a respeito de uma boa preparação para a confissão e lembrou do sentido da solenidade celebrada neste dia. Queridos irmãos e queridas irmãs! Ao fazer uma boa confissão e ao rezar, nestas 24 horas para o Senhor, que possamos olhar para a figura de Cristo e ver nEle o ápice de toda a nossa vida e de nossa espiritualidade. A Solenidade que estamos celebrando, a Anunciação de Senhor nos leva a olhar para Jesus Cristo, verdadeiro homem e verdadeiro Deus. Ao celebrar a verdadeira encarnação de Deus acreditamos na sua humanização para a divinização do homem; pois o Filho de Deus torna-Se homem para que o homem se converta em filho de Deus, explicou o arcebispo.

E, o arcebispo avançou na reflexão apresentando a importância do Sim de Maria que se expressa na encarnação do Senhor no meio de nós. No ventre de Maria operou-se o fato mais surpreendente da história: o encontro pessoal de Deus com o homem, tão pessoal que a Palavra eterna, o Filho do Pai, se faz ser humano em Maria e assume a nossa condição humana. Se não fosse um dado de fé, pareceria pura fantasia mitológica. O Sim de Maria faz eco da disponibilidade de Cristo ao entrar no mundo. No seu diálogo inicial com o Pai, Jesus declara o programa-resumo da sua vida: Eu vim, ó Deus, para fazer a tua vontade, como ouvimos na segunda leitura, expressou dom Moacir.

Dom Moacir exortou os fiéis a seguirem o exemplo de Maria e de Cristo que aceitaram o projeto de Deus. O Eis que venho de Cristo e o Sim de Maria são um SIM ao homem novo, nova humanidade reconciliada com Deus por meio de Cristo. Seguindo o seu exemplo precisamos de um cristianismo de encarnação que prolongue essa aliança de Deus com o ser humano. O duplo SIM de Cristo e de Maria converteu-se em programa para todos os fiéis e para a comunidade cristã que reconhecem nesses modelos a sua própria vocação de entrega e de serviço, salientou o arcebispo.

E, ao concluir a homilia, o arcebispo disse: Misericórdia eu quero (Mt 9, 13) é o apelo que nosso Senhor faz a todos e cada um de nós. Deixemo-nos envolver pele misericórdia divina para sermos mais misericordiosos. Por fim, suplicamos: Senhor nosso Deus, cuja misericórdia não tem limites e cuja bondade é um tesouro infinito, amentai a fé do povo que vos é consagrado, para que, por uma justa compreensão, todos reconheçam com quanto amor foram criados, com que sangue foram remidos e, com que Espírito, regenerados. Amém.

História - A primeira edição da iniciativa 24 horas para o Senhor, abençoada pelo papa Francisco, ocorreu nos dias 28 e 29 de março de 2014, e teve como tema: O perdão de Deus é mais forte que todo pecado (Papa Francisco). Com o tema Deus rico em misericórdia, a segunda edição foi realizada nos dias 13 e 14 de março de 2015. A terceira edição, nos dias 4 e março de 2016, guiados pelo Ano Santo da Misericórdia, o tema foi: Misericordiosos como o Pai. E, neste ano de 2017, nos dias 24 e 25 de março, o tema escolhido foi: Eu quero misericórdia, extraído do Evangelho de Mateus (Mt 9,13).

Pastoral da Comunicação
Arquidiocese de Ribeirão Preto


Gratidão

Nos dias 24 e 25 de março realizamos a iniciativa 24 Horas para o Senhor em nossa Arquidiocese, em dois locais: Catedral Metropolitana e Forania Nossa Senhora Aparecida (Matriz São Sebastião Sertãozinho).

Foi, de fato, um tempo de reflexão, oração, adoração, celebração, louvor e de administração do Sacramento da Penitência. Deus seja louvado pelo bem espiritual dos fiéis que esta iniciativa possibilitou.

Quero aqui, publicamente, manifestar minha profunda gratidão a todos os padres que, nos dois locais, colocaram disposição dos fiéis o dom da misericórdia divina pelo Sacramento da Penitência ou Confissão. Muito obrigado pela sua generosidade da reconciliação dos fiéis com Deus e com a Igreja.

Um grande e fraterno abraço a todos.

Dom Moacir Silva
Arcebispo Metropolitano

28 de março de 2017




CONTATO

Rua Tibiriçá nº 879 – Centro
CEP: 14010-090
Ribeirão Preto/SP


Atendimento

de 2ª a 6ª feira
Das 8h às 12h
Das 13h às 17h (16) 3610 8477

Copyright © 2019 - Arquidiocese de Ribeirão Preto - Desenvolvido por Com5