Hoje é
Notícias

29/05
2017

Santuário

Criado o Santuário Nossa Senhora de Fátima em Cajuru

O sétimo Santuário Arquidiocesano foi criado no dia 13 maio, s 10 horas, em Cajuru (SP). Nas festividades do primeiro centenário das aparições de Nossa Senhora, em Fátima


Criado o Santuário Nossa Senhora de Fátima em Cajuru

O sétimo Santuário Arquidiocesano foi criado no dia 13 maio, s 10 horas, em Cajuru (SP). Nas festividades do primeiro centenário das aparições de Nossa Senhora, em Fátima, Portugal, a comunidade de Cajuru se reuniu em grande número para participar da concelebração eucarística, com o rito de Dedicação da Igreja, Sagração do Altar, e ereção do Santuário Arquidiocesano Nossa Senhora de Fátima. A concelebração Eucarística foi presidida pelo arcebispo dom Moacir Silva, e contou com a presença de padres diocesanos e religiosos, diáconos, seminaristas, religiosas e religiosos. Com a ereção do Santuário Arquidiocesano Nossa Senhora de Fátima, o padre Robson Eduardo Nascimento, atual pároco da paróquia erigida santuário, recebeu a nomeação de reitor.

Comunidade cajuruense agradece criação do santuário

O Santuário não é só uma obra humana, mas também um sinal visível da presença de Deus invisível.

Por esta razão, exige-se um direcionamento oportuno e seguro daqueles que estiverem frente dos trabalhos de um Santuário a fim de favorecer ao povo o pleno reconhecimento e o acolhimento do dom que o Senhor oferece, através deste lugar sagrado.

Acreditamos que, mesmo antes do lançamento da pedra fundamental do Santuário Nossa Senhora de Fátima em 2011, o povo da comunidade já estava sendo orientado e formado nesse sentido. Percebemos que a constante preocupação do padre Robson Eduardo Nascimento era verificar se de fato o povo estava disposto a acolher o Santuário como um presente (dom) oferecido por Deus, tendo como resposta e agradecimento uma efetiva participação na vida eclesial.
Esforços não faltaram, tanto no que se refere construção do Templo como na formação espiritual do povo. Uma constante atenção tem sido dispensada a esta finalidade. Diversas expressões de piedade Mariana, integradas vida litúrgica, centro e definição do Santuário tem sido oportunizadas aos fiéis.

Dificuldades e obstáculos, como em qualquer trabalho não faltaram, como também a força para superação.

A graça de Deus e as bênçãos de Maria estão sempre presentes na vida da comunidade, razão pela qual o povo alcançou o sonho tão desejado.

Devoção - Para o povo de Cajuru, a devoção Maria com o título de Nossa  Senhora de Fátima vem sendo divulgada, conhecida e vivida  desde meados de 1930. Acreditamos que um Santuário dedicado a ela seria uma forma louvável e digna de demonstrar nosso amor quela que nos trouxe ao mundo a Salvação, Jesus Cristo, o Filho de Deus, razão principal da existência de um Santuário.

O Santuário nos recorda o dom de um Deus, que de tal modo nos amou que construiu a sua tenda no meio de nós, para nos trazer a salvação, para se fazer companheiro da nossa vida, solidário com o nosso sofrimento e com a nossa alegria.

um lugar sagrado, lugar de encontro com o Senhor da vida, sinal seguro da presença de Deus que atua no meio do seu povo, porque nele, através da sua Palavra e dos Sacramentos se comunica a nós.

Frequentar um Santuário como Templo de Deus vivo, lugar da aliança viva com Ele, a fim de que a graça dos sacramentos liberte do pecado os peregrinos que a ele acorrem, buscando a força para recomeçarem uma vida em Deus, com mais vigor e alegria seria a razão maior da sua existência. 

A Virgem Maria é o Santuário vivo do Verbo de Deus, a Arca da aliança nova e eterna.

Assim como a nuvem cobria o povo de Deus em marcha no deserto e a mesma nuvem, sinal do mistério divino presente no meio de Israel pairava sobre a Arca da aliança, de igual modo a sombra do Altíssimo envolve e penetra o tabernáculo da nova aliança, que é o seio de Maria.

Assim como a Arca do Senhor ficou na casa de Obededon (levita do tempo de Davi) três meses, cumulando-a de bênçãos, assim também Maria, a Arca viva de Deus permaneceu três meses na casa de Isabel com a sua presença santificante.

Ao aproximar-se de Maria como Santuário do Senhor, os peregrinos sentem-se chamados a viver a dimensão pascal que gradualmente transforma as suas vidas através do acolhimento da Palavra, da celebração dos sacramentos e do empenho a favor dos irmãos.

Do encontro comunitário ou mesmo pessoal com Maria, no seu Santuário, os peregrinos certamente sentirão impelidos, como os Apóstolos, a anunciarem com a palavra e o testemunho de vida as maravilhas de Deus. 

assim que o povo de Cajuru se sente com a presença contínua de Maria, a Senhora de Fátima em seu Santuário, lugar santo e feliz: uma presença que dignifica, engrandece, transforma e santifica.

Guilhermina de Jesus C. Belleboni
Catequese/Liturgia
Santuário Nossa Senhora de Fátima





CONTATO

Rua Tibiriçá nº 879 – Centro
CEP: 14010-090
Ribeirão Preto/SP


Atendimento

de 2ª a 6ª feira
Das 8h às 12h
Das 13h às 17h (16) 3610 8477

Copyright © 2019 - Arquidiocese de Ribeirão Preto - Desenvolvido por Com5