Hoje é
Notícias

09/06
2014

Ordenação

Ordenação Presbiteral em Sertãozinho

Com o lema de ordenação presbiteral Ninguém tira a minha vida: eu a dou livremente (Jo 10, 18), foi ordenado presbítero pela imposição das mãos do arcebispo dom Moacir Silva, em 6 de junho, na paróquia Nossa Senhora Aparecida, em Sertãozin


Ordenação Presbiteral em Sertãozinho

Acesse a Galeria de Fotos

Com o lema de ordenação presbiteral Ninguém tira a minha vida: eu a dou livremente (Jo 10, 18), foi ordenado presbítero pela imposição das mãos do arcebispo dom Moacir Silva, na sexta-feira, 6 de junho, na paróquia Nossa Senhora Aparecida, em Sertãozinho, o diácono Mateus Pereira Martins. A Igreja Nossa Senhora Aparecida acolheu padres, diáconos, religiosos e religiosas, seminaristas, familiares e grande número de fiéis locais e das comunidades onde o ordinando fez o estágio pastoral, para a concelebração eucarística presidida pelo arcebispo dom Moacir Silva. O padre Mateus torna-se o primeiro presbítero ordenado por dom Moacir Silva na Arquidiocese de Ribeirão Preto, depois da posse em 23 de junho do ano passado.

Na homilia, o arcebispo dom Moacir Silva, destacou a responsabilidade do presbítero em ser presença do Cristo, em estar capacitado para esta missão e pautar o exercício do ministério sacerdotal pela caridade pastoral. Caríssimo filho, Diácono Mateus, você será configurado com Cristo para ser sinal da caridade pastoral de Cristo Bom Pastor junto aos fiéis, que estarão sob os teus cuidados pastorais. Tu me amas? Apascenta as minhas ovelhas (Jo 21, 16), diz Nosso Senhor a você, mostrando que o seu trabalho pastoral, necessariamente, deve ser consequência do seu amor pessoal a Ele. Ele não pergunta se você se sente com força para o ministério, se você conhece bem a doutrina dele, se você se sente capacitado para governar o seu povo. Ele pergunta: tu me amas? o amor a Jesus que capacita para animar, orientar e alimentar os fiéis. E este amor para com Jesus tem que ser cultivado dia a dia pela oração, pela meditação da Palavra de Deus e, sobretudo, pela cotidiana celebração da Eucaristia, destacou dom Moacir.

O arcebispo recordou ainda a necessidade de o presbítero ser homem de oração e contagiar os fiéis. O padre tem que contagiar. Aqui é bom não esquecer que só se contagia com aquilo que se tem. Se é pobreza de fé, de caridade, se é anemia espiritual o que se tem... será isso o que vai contagiar. Para transmitir energia espiritual é preciso estar sempre com a bateria carregada. A mediocridade na vida espiritual, na santidade, é um absurdo, é contra a missão para a qual o padre entregou a sua vida, lembrou o arcebispo.

E, ao encerrar a homilia, dom Moacir, motivou o neopresbítero a configurar sua vida a Jesus Cristo. A Ordenação sacerdotal vai configurar você (padre Mateus) a Jesus Cristo Mestre, Sacerdote e Pastor. Então, a sua vida e o seu ministério sacerdotal devem revelar, visibilizar este Cristo Mestre, Sacerdote e Pastor para as pessoas. Mas isso só será possível se você cultivar uma intimidade com Cristo, se você cultivar um amor profundo para com Jesus: Tu me amas? Apascenta as minhas ovelhas. Que a Virgem Maria, a Senhora Aparecida, Mãe do Sumo e Eterno Sacerdote, acompanhe e proteja sua vida e ministério sacerdotal, hoje e sempre. Amém, concluiu dom Moacir.

Nos ritos finais, antes da bênção, o neopresbíreto Mateus Pereira Martins, agradeceu a Deus, ao arcebispo, aos familiares, aos formadores e reitores do Seminário, aos seminaristas colegas de caminhada, aos religiosos e religiosas, s comunidades paroquiais da Arquidiocese, aos movimentos e pastorais, e ao Clero da Arquidiocese de Ribeirão Preto: Deus retribua em graças e bênçãos na vida de vocês, disse padre Mateus.

Vida - O neopresbítero Mateus Pereira Martins, 28, nasceu no município de Sertãozinho (SP) em 20 de junho de 1986, filho de Manoel e Sandra. Nesta cidade recebeu os Sacramentos de Iniciação vida cristã, na paróquia São João Batista, onde fez sua caminhada cristã e despertar de sua vocação. Em 2005, ingressou no Seminário Propedêutico, em Jardinópolis. Nos anos de 2006 2008, cursou a Filosofia; de 2009 2012, cursou Teologia, ambos no Seminário Maria Imaculada, em Brodowski. No ano de 2013, nas respectivas datas recebeu: em 6 de agosto, o ministério de Leitor, e 16 de setembro, o ministério de Acólito, no Seminário Maria Imaculada. Pelas mãos de dom Moacir Silva, foi ordenado Diácono, em 8 de dezembro de 2013, Solenidade da Imaculada Conceição, na Paróquia Santa Maria Goretti, em Ribeirão Preto. No período de formação fez o estágio pastoral nas seguintes paróquias: Nossa Senhora Aparecida, em Sertãozinho; em Ribeirão Preto, nas paróquias São João Batista, São Paulo Apóstolo e Santa Maria Goretti; em Santa Rosa de Viterbo: paróquia Santa Rosa de Viterbo; em Bento Quirino (São Simão): na paróquia Santo Antonio de Pádua; em Serra Azul: na paróquia Divino Espírito Santo; e o estágio Diaconal na cidade de Altinópolis, na paróquia Nossa Senhora da Piedade.

Márcio Smiguel Pimenta
Pastoral da Comunicação


CONTATO

Rua Tibiriçá nº 879 – Centro
CEP: 14010-090
Ribeirão Preto/SP


Atendimento

de 2ª a 6ª feira
Das 8h às 12h
Das 13h às 17h (16) 3610 8477

Copyright © 2019 - Arquidiocese de Ribeirão Preto - Desenvolvido por Com5