Hoje é
Notícias

08/07
2014

Paróquias

A seleção francesa e a paróquia São Francisco de Assis

Qual não foi a minha surpresa quando, no dia 17 de junho, por volta das 10h30, eu estava no CEARP, e a minha secretária me telefona.


A seleção francesa e a paróquia São Francisco de Assis

Qual não foi a minha surpresa quando, no dia 17 de junho, por volta das 10h30, eu estava no CEARP, e a minha secretária me telefona.

Quando ela me falou o porquê da ligação, não quis acreditar de início.

O motivo era: a Seleção da França havia escolhido nossa paróquia como o local para as orações particulares dos seus jogadores. Só havia uma condição: NO PODERAMOS vazar a informação para absolutamente NINGUM. Escolheram a nossa igreja por sua localização discreta e pela possibilidade dos jogadores chegarem sem ser percebidos. Só poderíamos publicar o fato após a saída da França de Ribeirão Preto, ao final de sua participação na Copa do Mundo, que ocorreu em 5 de julho.

Naquela tarde veio o meio-campo Yohan Cabaye, acompanhado de um segurança francês e do chefe da segurança brasileira, Cel. Miguel, do Exército Brasileiro.
Ficou combinado que voltariam quando desejassem desde que o sigilo fosse mantido, pois os seus momentos de oração são momentos pessoais e não queriam o assédio da imprensa nessa hora.

Fomos procurados novamente, na noite do dia 18. Os jogadores franceses queriam fazer um momento de oração na própria concentração, no Hotel JP. Pediram uma vela e água benta. Mandamos a eles um mini círio e a água benta, conforme haviam pedido, e um terço de madeira, que foi doado delegação.

No dia 23, tarde, voltaram: Yohan Cabaye, o atacante Olivier Giroud e o zagueiro Patrice Evra. Os três permaneceram por, aproximadamente, meia hora.
Na saída, tiraram algumas fotografias conosco, sempre muito atenciosos e abertos ao diálogo, apesar da dificuldade da língua.

Na véspera da viagem ao Rio de Janeiro, 2 de julho, novamente nos procuraram para saber se poderíamos arrumar uma imagem de Nossa Senhora Aparecida, para seu momento de oração. Compramos uma e enviamos ao hotel onde estavam hospedados. Posteriormente, a imagem foi doada para Yohan Cabaye, pois foi o primeiro a vir nossa igreja e é devoto de Nossa Senhora.

Recebemos seus agradecimentos através do Cel. Miguel, no sábado em que viajaram de volta para a França.

Foi uma grande alegria acolher esses nossos irmãos, que, apesar de falarem outra língua, se sentiram unidos a nós pela profissão da mesma fé.

Pe. Luiz Henrique Bugnolo
Pároco da Paróquia São Francisco de Assis

Créditos Foto: Maria Eugênia Andreeta






CONTATO

Rua Tibiriçá nº 879 – Centro
CEP: 14010-090
Ribeirão Preto/SP


Atendimento

de 2ª a 6ª feira
Das 8h às 12h
Das 13h às 17h (16) 3610 8477

Copyright © 2019 - Arquidiocese de Ribeirão Preto - Desenvolvido por Com5