Arquidiocese de Ribeirão Preto lança a Agenda Arquidiocesana 2022

A Arquidiocese de Ribeirão Preto lançou nesta sexta-feira, 10 de dezembro de 2021, a “Agenda Arquidiocesana 2022”, edição on-line, com as datas e atividades pastorais arquidiocesanas previstas para o próximo ano. A edição digital da agenda é um subsídio importante no “Caminhar Juntos” comprometidos com a unidade e comunhão em uma Igreja Sinodal.

Na apresentação, o Arcebispo Dom Moacir Silva, convida a caminharmos juntos para superarmos os desafios na direção da vivência da sinodalidade. “É com muita alegria e esperança que coloco em suas mãos a nossa Agenda Pastoral 2022, não obstante o tempo desafiador que ainda estamos vivendo, devido a pandemia da Covid-19; mas vivemos também um tempo de muita esperança em nossa Santa Igreja; o caminho sinodal. Nossa agenda é um instrumento útil para nossa ação evangelizadora, em vista da comunhão, participação e missão. Um instrumento importante na aplicação das Diretrizes da Ação Evangelizadora da Arquidiocese de Ribeirão Preto (2019-2013). Que nossa ação evangelizadora e pastoral, ao longo deste ano, desafie a todos nós a sermos cada vez mais evangelizadores com espírito, isto é, abertos sem medo à ação do Espírito Santo (cf. EG, 259), vivendo a sinodalidade, pois ‘o caminho da sinodalidade é precisamente o caminho que Deus espera da Igreja do terceiro milênio’ (Papa Francisco, discurso de 17/10/15, no cinquentenário do Sínodo dos Bispos)”, deseja o arcebispo.

O Coordenador Arquidiocesano de Pastoral, Padre Luís Gustavo Benzi, salienta o desafio de participarmos da vida pastoral de nossa Arquidiocese motivados pelo processo sinodal. “Lembro-lhes, antes de tudo, que esta Agenda é um grande instrumento de sinodalidade que temos em nossas mãos, ou seja, um grande meio, através do qual, nos empenhamos para caminhar juntos, fazendo com que a sinodalidade não seja apenas, como nos admoesta o Papa Francisco, um “capítulo de um tratado de eclesiologia, muito menos uma moda, um slogan ou o novo termo a ser usado ou instrumentalizado em nossos encontros. Não! A sinodalidade expressa a natureza da Igreja, a sua forma, o seu estilo, a sua missão’. Além disso, que essa agenda, muito mais do que apenas nos lembrar os compromissos todos que temos, seja uma oportunidade de crescermos cada vez mais na cultura do encontro, que nos faz enxergar Jesus no próximo e nos leve a escutá-lo, naquilo que ele deseja para cada um de nós!”, expressou padre Gustavo.

Acesse aqui a Agenda Pastoral 2022 (datas arquidiocesanas)

Agenda Completa – Arquivo Word (aqui)

Veja também: