Pastoral da Criança realiza assembleia avaliativa

A Assembleia Avaliativa da Pastoral da Criança da Arquidiocese de Ribeirão Preto ocorreu no dia 7 de setembro, no Centro Educacional Integral Maria de Nazaré, no Adelino Simioni, em Ribeirão Preto, e reuniu 52 participantes, sendo 21 coordenadores paroquiais, 8 coordenadores de área, 6 suplentes de coordenação, 12 líderes para apoio na cozinha e 3 nas outras ações, e da coordenação estadual: Eunice Gomes Rodrigues, Helder Simonetti e Daniele Pena. Na abertura da assembleia, o assessor arquidiocesano, padre Adriano Aparecido Oliveira dos Santos, saudou e deu as boas-vindas aos participantes, conduziu a oração, e na continuidade apresentou a reflexão das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil 2019-2023 (Documento 109 – CNBB).

Com o tema “Missão é Servir” a assembleia avaliativa teve os seguintes objetivos: Avaliar a caminhada da Pastoral da Criança na Arquidiocese; Verificar se a liderança está promovendo a vida em abundância para todos na visita domiciliar, na celebração da vida e na reunião de avaliação e reflexão; Avaliar dentro do mapa das foranias onde precisamos chegar para atingir o Pilar da Ação Missionária e da Caridade; Direcionar novos rumos para as Coordenações Paroquiais e a Coordenação Arquidiocesana; Reavivar o Ardor Missionário; Introdução das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil 2019-2023 (Documento 109 – CNBB).

Caminhos e Propostas

A assembleia avaliativa apontou alguns caminhos, entre eles, a necessidade da efetivação de uma parceria com todos os padres e diáconos, sinal da proximidade e comunhão, para a ampliação do trabalho da pastoral e assim ir ao encontro do outro. As lideranças atualmente estão envolvidas em diversos trabalhos pastorais e sozinhas não conseguem realizar com eficácia a busca de novos agentes para serem capacitadas e assim aumentarmos a quantidade de atendimentos a gestantes e crianças. Ficamos restritos a manutenção das crianças que completam seis anos e se desligam da pastoral. Desse modo atingimos apenas 7% das crianças, de 0 a 6 anos, o que equivale a 1.851, de um total de 25.494 crianças na Arquidiocese Ribeirão Preto (Censo Demográfico IBGE 2010 – Indicadores Sociais Municipais - Incidência Pobreza). Quanto a Abrangência a Pastoral da Criança, a mesma está presente em 29 Paróquias, divididas em 8 foranias, e totalizando 275 líderes.

Outra proposta da assembleia consistiu na implementação de um trabalho arquidiocesano de Pastoral de Conjunto em busca de dar maior visibilidade ao serviço da Pastoral da Criança e proporcionar passos significativos dentro dos quatro pilares das Diretrizes da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil. A meta é aumentar a cobertura do trabalho em 10% em toda a Arquidiocese, e dar atenção as cidades de Cássia dos Coqueiros, Santa Cruz da Esperança, Serra Azul e Santo Antônio da Alegria, que apresentam índices (Censo IBGE 2010) que incluem algumas famílias com renda inferior a um salário mínimo.

A Pastoral da Criança em sua missão de defesa incondicional da vida está aberta para acolher novos líderes. O trabalho tem sido feito, mesmo num tempo difícil, mas conseguimos implantar a pastoral em duas novas paróquias: na Forania Santo Antônio, em Ribeirão Preto, e em breve a Capacitação na Paróquia São Judas Tadeu, em Santa Rosa de Viterbo.

De acordo com a coordenadora arquidiocesana, Eridan Silvestre Ribeiro dos Santos, a assembleia avaliativa possibilitou um maior compromisso com a difusão e o crescimento da pastoral na arquidiocese. “Avaliamos a qualidade dos trabalhamos e sentimos que é urgente a difusão da Pastoral da Criança como uma necessidade não apenas restrita a eliminar a desnutrição, mas de prevenir as doenças da obesidade causadas pela alimentação incorreta. Avaliamos ainda mandatos, envio de folhas de acompanhamento das crianças, envio de prestação de contas, conselho econômico entre outros. E, temos como compromisso difundir a Campanha 100% Ternura, Zero Violência, que certamente surtirá um efeito positivo nas famílias”, salientou Eridan.

A Assembleia Avaliativa da Pastoral da Criança terminou com o compromisso missionário de assumir com ardor o trabalho na arquidiocese: “Nossa Missão é Servir!”


Saiba mais:
www.pastoraldacrianca.org.br/