1º Encontro das Pastorais e Movimentos Sociais da Arquidiocese de Ribeirão Preto

O Pilar da Caridade, um dos Quatro Pilares que sustentam a Ação Evangelizadora de nossa Igreja, realizou em 28 de maio, no Salão Dom Alberto, em Ribeirão Preto, o “1º Encontro das Pastorais e Movimentos Sociais da Arquidiocese de Ribeirão Preto”. O encontro reuniu os coordenadores, assessores, e agentes das pastorais sociais para conhecer mutuamente os trabalhos, partilhar experiências, e viver a sinodalidade tão almejada pelo Papa Francisco.

O Pilar da Caridade tem como referenciais os diáconos Valdenir da Silva Pastorelli (Denir) e Ricardo Rodrigues Nogueira, e busca implementar os compromissos assumidos nas Diretrizes da Ação Evangelizadora da Arquidiocese de Ribeirão Preto (2019-2023): Priorizar as ações com as Famílias e os Jovens; Encorajar os leigos a continuar o Empenho Apostólico; Promover a solidariedade com os sofredores nas grandes cidades e Inserir na lista de prioridades das comunidades de fé o cuidado para com a Casa Comum.

O encontro começou com a oração de invocação ao Espírito Santo presidida pelo arcebispo dom Moacir Silva. Na sequência o arcebispo motivou o Pilar da Caridade a caminhar, articular e avançar nas diversas atividades da ação evangelizadora e em defesa da vida. “Temos diversos elementos que devem constituir a reflexão para todos, por exemplo, a 6ª Semana Social Brasileira, a Jornada Mundial dos Pobres, que acontece no 33º Domingo do Tempo Comum, e tudo isso faz parte da nossa área para trabalharmos, como também o Grito dos Excluídos. Enfim, temos uma série de eventos e acontecimentos com os quais o Pilar da Caridade está implicado, e principalmente colocar-se a frente de quem mais precisa. Que esse encontro possa ser um passo a mais para o Pilar da Caridade que sustenta a comunidade eclesial missionária, sustenta a Igreja e possa trabalhar nessa missão de comunicar vida em plenitude para as pessoas”, frisou dom Moacir.

A dinâmica do encontro incluiu na programação dois momentos de reflexão seguidos de partilhas e intervenções dos participantes. O primeiro tratou da Carta Encíclica Deus Caritas Est (2005), do Papa Bento XVI, apresentada pelo referencial do pilar, o diácono Ricardo Rodrigues Nogueira; e o segundo, fez um panorama histórico da Semana Social Brasileira, com ênfase na 6ª Semana Social Brasileira (2020-2023) que tem o tema: “Mutirão pela Vida: Por Terra, Teto e Trabalho”, conduzido pela assistente social, Aparecida de Fátima.

Após as exposições os agentes das Pastorais Sociais partilharam os desafios, as angústias, as dificuldades, os anseios e os projetos a serem conduzidos com a esperança de reavivar os trabalhos e caminhar juntos para uma efetiva ação evangelizadora como expressa o objetivo da 6ª Semana Social Brasileira: “sensibilizar a sociedade, mobilizar e articular forças sociais, fortalecer e multiplicar as lutas por direitos para desencadear novos processos de organização popular em torno do desafio/apelo/exigência maior de nosso tempo: ‘nenhuma família sem casa, nenhum camponês sem terra, nenhum trabalhador sem direitos, nenhuma pessoa sem a dignidade que provém do trabalho’, papa Francisco” (https://ssb.org.br/).

Veja também:

XII Concentração Arquidiocesana de Catequistas

Com o tema: “O Ministério do Catequista” e a assessoria do Padre Jânison de Sá, Assessor da Comissão Episcopal para a Animação Bíblico-Catequética da CNBB, a Comissão Animação Biblíco-Catequética da Arquidiocese de Ribeirão Preto realiza a XII Concentração de Catequistas.