Arcebispo preside missa da solenidade do Natal de Nosso Senhor Jesus Cristo na Catedral Metropolitana

O arcebispo dom Moacir Silva presidiu a Missa da noite de Natal, 24 de dezembro de 2021, na Catedral Metropolitana de São Sebastião, em Ribeirão Preto. Concelebraram o pároco padre Francisco Jaber Zanardo Moussa; o vigário paroquial, padre Igor Fernando Ap. Madolosso de Lima; o assessor arquidiocesano da Pastoral Universitária, Padre Giovanni Augusto Vieira; e serviram nas funções litúrgicas os diáconos Adilson Heráclito Carbi, Áureo João Nunes Ribeiro e João Paulo Tarlá Júnior. Nos ritos iniciais, o padre Igor recitou a proclamação do Anúncio do Natal (Kalenda de Natal, hino antigo, que data do fim do século II), e na sequência seguiu-se os ritos da missa.

 

Homilia

Na homilia, Dom Moacir recordou o sentido da celebração do Natal, e ao meditar a Primeira Leitura do livro do Profeta Isaías (62, 1-5) lembrou o anúncio feito pelo profeta da chegada de um tempo de alegria e restauração. “Quem é responsável por esta ‘nova ordem’? Na linguagem de Isaías, é ‘um menino’, enviado por Deus com a missão de restaurar o trono de Davi, que reinará no direito e na justiça. Os quatro nomes desse ‘menino’ evocam títulos de Deus ou qualidades divinas: o título ‘conselheiro maravilhoso’ celebra a capacidade de conceber desígnios prodigiosos e é um atributo de Deus; o título ‘Deus forte’ é um nome do próprio Deus; o título ‘príncipe da paz’ leva também ao Senhor Deus, aquele que é ‘a Paz’. Quanto ao título ‘Pai eterno’, é um título do rei. Fica, assim, claro que esse ‘menino’ é um dom de Deus ao seu Povo e que, com ele, Deus residirá no meio do seu Povo, outorgando-lhe a justiça e a felicidade para sempre. É Jesus que dá sentido a esta ‘profecia messiânica’. Ele é o ‘menino’ anunciado por Isaías, dom de Deus aos homens para inaugurar o mundo do direito e da justiça, da paz e da felicidade para todos”, explicou o arcebispo.

Ao refletir sobre o Evangelho (Mateus 1,18-25), o arcebispo reforçou o relato do evangelista ao indicar a presença salvadora de Deus no Menino de Belém. “O Evangelho apresenta a concretização da promessa profética: Jesus, o menino de Belém, é o Deus que vem ao encontro dos homens para lhes oferecer – sobretudo aos mais pobres e fracos – a salvação. Não se trata de uma salvação imposta, mas de uma salvação oferecida com ternura e amor. ‘Hoje nasceu para vós um Salvador’. O relato de Lucas deixa claro para nós que o nascimento de Jesus se integra no plano de salvação que Deus tem para os homens – plano que os profetas anunciaram e cuja realização o Povo de Deus aguardava ansiosamente”, salientou Dom Moacir.

A figura do presépio, segundo Dom Moacir, revela a simplicidade e a beleza de Deus que muitas vezes contraria a lógica humana. “O presépio apresenta-nos a lógica de Deus que não é, tantas vezes, igual à lógica dos homens: a salvação de Deus não se manifesta na força das armas, na autoridade prepotente, nos gabinetes ministeriais, nos conselhos das empresas, nos salões onde se concentram as ‘estrelas do sucesso’, mas numa gruta de pastores onde brilha a fragilidade, a ternura, a simplicidade, a dependência de um menino recém-nascido. Qual é a lógica com que abordamos o mundo – a lógica de Deus ou a lógica dos homens? A presença libertadora de Jesus neste mundo é uma ‘boa notícia’ que devia encher de felicidade os pobres, os fracos, os marginalizados, e dizer-lhes que Deus veio ao seu encontro para lhes propor a salvação/libertação. É essa a proposta que nós, os seguidores de Jesus, passamos ao mundo? Nós, Igreja, não estaremos demasiado ocupados em discutir questões laterais, esquecendo o essencial (o anúncio libertador aos pobres)?” questionou o arcebispo.

Bênção e votos de Feliz e Santo Natal

Ao dar a bênção final, Dom Moacir, expressou votos de um santo e feliz Natal aos arquidiocesanos: “E com essa bênção solene do Natal vai também a cada um de vocês presentes na Catedral e os que nos acompanham na transmissão os meus votos de um Natal muito santo desejoso de que em o coração de cada um de vocês seja uma manjedoura muito acolhedora para o Menino de Belém”.

Veja também:

Curso de Teologia para Leigos abre inscrições para o ano de 2022

Curso de Teologia para Leigos abre inscrições para o ano de 2022. O Curso de Teologia para Leigos da Arquidiocese de Ribeirão Preto é um espaço de formação para os leigos e leigas que buscam realizar o discernimento necessário para testemunhar a verdade do Evangelho como discípulos missionários de Jesus Cristo.