Arquidiocese promoveu a oitava edição da iniciativa 24 Horas para o Senhor

A iniciativa “24 horas para o Senhor”, convocada pelo Papa Francisco e promovido pelo Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização, ocorreu na sexta e sábado precedente ao IV Domingo da Quaresma, neste ano de 2021, realizada nos dias 12 e 13 de março, e por motivo da prevenção da Covid-19, em sua oitava edição na arquidiocese, pela primeira vez aconteceu no formato virtual. Uma programação especial com a celebração Eucarística e momentos de orações pode ser acompanhada pelos fiéis nas redes sociais da Arquidiocese e de algumas paróquias (Facebook e Youtube).

Tema

O tema deste ano refletiu: “Ele perdoa todos os teus pecados”, extraído do Salmo 103, 3. O conteúdo do subsídio preparatório das “24 Horas para o Senhor” apresentou o seguinte objetivo: possibilitar aos fiéis pensamentos que ajudem a refletir sobre o porquê do Sacramento da Reconciliação. Com as restrições, por motivos sanitários, a edição virtual proporcionou aos fiéis momentos de orações e uma catequese sobre a necessidade da conversão e sobre o Sacramento da Reconciliação. O coordenador de pastoral, padre Luís Gustavo Tenan Benzi, comentou a dinâmica da programação das 24 Horas para o Senhor na arquidiocese. “Este ano por conta da pandemia infelizmente não conseguiremos realizar as 24 horas para o Senhor de forma presencial, mas nós pensamos para a nossa arquidiocese uma programação on-line e naquele formato ‘time out’, onde em alguns momentos do dia em sintonia com a Igreja do mundo inteiro nós paramos as nossas atividades e nos unimos mesmo que a distância, cada um no seu lugar, cada um na sua casa, para rezarmos juntos as orações propostas”, explicou padre Luís Gustavo.

Programação

A programação começou com a missa presidida pelo Arcebispo Dom Moacir Silva, na Catedral Metropolitana de São Sebastião, na sexta-feira (12), às 18 horas; e às 22h, o encerramento do dia, com a transmissão da Oração da Noite conduzida e dedicada aos Profissionais da Saúde, aos Enfermos e a todas as Famílias atingidas pela Covid-19. Na introdução da homilia da missa de abertura o arcebispo contextualizou a importância da iniciativa 24 horas para o Senhor e do sacramento da reconciliação. “Com esta celebração Eucarística em comunhão com Papa Francisco e toda a Igreja estamos abrindo a iniciativa 24 Horas para o Senhor. Neste ano será um pouco diferente as 24 Horas para o Senhor por causa da pandemia que estamos enfrentando. O evento 24 Horas para o Senhor está estritamente ligado com o tempo litúrgico, ou seja, com o Quarto Domingo da Quaresma. A alegria celebrada neste domingo, antigamente chamado de Domingo Laetare, o Domingo da Alegria, brota da conversão pessoal, da reconciliação com Deus e da graça recebida no sacramento do perdão. Entre todas as coisas, as leituras deste domingo, manifestam de que forma a graça de Deus age na história apesar dos pecados cometidos pelo homem. Notamos que Deus rico em misericórdia intervém sempre e gratuitamente para salvar o homem, embora este último seja o único responsável pela derrota diante do mal. Ele perdoa todos os teus pecados, afirma o salmo 103, versículo 3. Este versículo apresenta o motivo pelo qual o coração do orante eleva o seu hino de louvor e de bênção ao Senhor”, explicou Dom Moacir.

A programação do sábado (13), começou com a oração da manhã, às 7h, rezada por leigos e leigas de nossa arquidiocese. Ao meio dia, a oração do Ângelus em companhia das Irmãs Franciscanas da Imaculada Conceição de Lipari. No meio da tarde, rezamos o Terço da Misericórdia com os seminaristas do Seminário São José e Propedêutico Bom Pastor, de Ribeirão Preto. E, finalizando a oitava edição, às 18h, a transmissão ao vivo da Oração das Vésperas, dirigida pelos seminaristas do Seminário Maria Imaculada, em Brodowski.

Veja também:

V Romaria Arquidiocesana ao Santuário Nacional de Aparecida

A Arquidiocese de Ribeirão Preto realiza a V Romaria Arquidiocesana ao Santuário Nacional de Aparecida, no dia 25 de setembro (sábado). A missa no altar central do Santuário será presidida pelo Arcebispo Dom Moacir Silva, às 9h (da manhã).