Paróquias realizam a neste final de semana a Coleta da Campanha para a Evangelização

A experiência do encontro vital com o Senhor modifica a vida da pessoa e a impulsiona a anunciar a outros este feliz encontro: conhecer Jesus Cristo é a nossa alegria. Anunciá-lo é a nossa missão.

Com essa consciência da transformação da vida a partir do encontro com Jesus e do compromisso evangelizador de cada cristão que a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), neste Tempo do Advento, promove a Campanha para a Evangelização. Neste ano, o tema “Ide, sem medo, para servir” é o mote para a mobilização nacional em vista do sustento das atividades pastorais e evangelizadoras da Igreja no Brasil.

Como serão as doações
O gesto concreto da campanha se dá com a coleta para a Evangelização, realizada todos os anos no 3º Domingo do Advento. Neste ano, será no fim de semana dos dias 11 e 12 de dezembro. As doações vão ocorrer exclusivamente em cada paróquia do Brasil.

Na Arquidiocese de Ribeirão Preto todas as paróquias receberam o envelope personalizado para a realização da Coleta.

O Setor de Campanhas da CNBB disponibilizou uma série de materiais que pode ser baixado no  site de Campanhas (www.campanhas.cnbb.org.br). Também estão disponibilizadas a Arte do Cartaz, a Oração da Campanha e a prestação de contas de 2020.

“Com isso, além de reforçarmos o cuidado ecológico, teremos uma economia significativa e, com estes recursos, continuaremos as obras de cuidado da Igreja no Brasil”, destaca a CNBB.

A destinação dos recursos

A Campanha para a Evangelização destina os seus recursos para a dinamização e manutenção dos 19 regionais da CNBB, visando à execução das atividades evangelizadoras, programadas a partir das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (DGAE). Em muitos regionais existem atividades missionárias além-fronteiras, com apoio a diversas pastorais, serviços, organismos e movimentos.

Os recursos da Coleta para a Evangelização garantem que a Igreja no Brasil dê continuidade ao anúncio e testemunho do Evangelho desde as áreas missionárias até às periferias das grandes cidades, passando pelas ações pastorais e pela articulação das comunidades eclesiais missionárias, além de contribuir para a manutenção da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil.

Fonte: CNBB

 

Veja também:

“Mestres da Ternura”, o projeto de vida do Papa para os idosos

O Vídeo do Papa de Julho acaba de ser divulgado com a intenção de oração que Francisco confia a toda a Igreja Católica através da Rede Mundial de Oração do Papa. Este mês, o Santo Padre reza “pelos idosos, que representam as raízes e a memória de um povo, para que a sua experiência e a sua sabedoria ajudem os mais jovens a olhar o futuro com esperança e responsabilidade”