Comunicadores celebram o 56º Dia Mundial das Comunicações Sociais

Com o tema: “Escutar com o ouvido do coração” a Pastoral da Comunicação (Pascom) da Arquidiocese de Ribeirão Preto reuniu no sábado, 28 de maio, os representantes das Equipes Paroquiais da Pascom e comunicadores para a celebração do 56º Dia Mundial das Comunicações Sociais, na solenidade da Ascensão do Senhor. O evento retornou ao formato presencial após dois anos em razão da pandemia, e ocorreu em dois momentos: primeiro, o “Café com os comunicadores e o arcebispo”, no Salão Dom Alberto, às 10 horas, onde os comunicadores foram acolhidos para um café da manhã, depois a reflexão de dom Moacir Silva sobre a mensagem do Papa Francisco seguido de uma rodada de perguntas dos participantes. Na sequência, às 12 horas, os participantes participaram da missa na Catedral Metropolitana de São Sebastião.

Café com o Arcebispo e os Comunicadores

O arcebispo dom Moacir Silva refletiu alguns trechos da mensagem do papa Francisco que nos propõe uma reflexão a respeito da escuta em sintonia com o Sínodo dos Bispos que trata do tema: “Por uma Igreja sinodal: comunhão, participação e missão”, e também respondeu algumas perguntas. dom Moacir agradeceu os trabalhos dos comunicadores e agentes da Pastoral da Comunicação como missionários e testemunhas do anúncio da Palavra de Deus. Participou da mesa de reflexão o padre Igor Fernando Aparecido Madolosso, assessor eclesiástico da Pascom da sub-região RP-1. Padre Gilberto Kasper, assessor eclesiástico da Pastoral da Comunicação Arquidiocesana, agradeceu o trabalho dos meios de comunicação no anúncio de boas notícias, e enalteceu a adesão e acolhida dos comunicadores que prestigiam o café com os comunicadores e o arcebispo, uma aproximação e momento de celebração e confraternização entre os comunicadores da arquidiocese, as equipes paroquiais da Pascom, para agradecer o anúncio das boas notícias de nossa ação pastoral e evangelizadora arquidiocesana.

Missa na Catedral

Após o “Café com os comunicadores e o arcebispo” os participantes seguiram para a missa da Solenidade da Ascensão do Senhor, na Catedral Metropolitana de São Sebastião, presidida pelo arcebispo Dom Moacir Silva. Na introdução da homilia, o arcebispo destacou o tema do 56º Dia Mundial das Comunicações Sociais. “Para este Dia mundial das Comunicações Sociais, o Papa Francisco escolheu como tema de sua Mensagem: ‘Escutar com o ouvido do coração’. Ele inicia sua mensagem dizendo: No ano passado, refletimos sobre a necessidade de ‘ir e ver’ para descobrir a realidade e poder narrá-la a partir da experiência dos acontecimentos e do encontro com as pessoas. Continuando nesta linha, quero agora fixar a atenção noutro verbo, ‘escutar’, que é decisivo na gramática da comunicação e condição para um autêntico diálogo”, frisou dom Moacir.

Ao meditar a liturgia da solenidade da Ascensão do Senhor, dom Moacir, relembrou o significado do seguimento de Jesus Cristo. “No Evangelho de hoje, na sua primeira parte, temos as palavras de despedida de Jesus. Os discípulos que fizeram a experiência do encontro pessoal com Jesus ressuscitado são agora convocados para a missão: Jesus os envia como testemunhas, para pregar a conversão, isto é, a transformação radical da vida, da mentalidade e dos valores. Jesus os envia também para pregar o perdão dos pecados. Podemos dizer que Jesus envia os discípulos para anunciar que Deus ama todos os homens e convida a cada um a deixar o egoísmo, o orgulho e a auto-suficiência para iniciarem uma vida de Homens Novos”, explicou o arcebispo.

Ao concluir a homilia, dom Moacir, reforçou a necessidade de sermos comunicadores da esperança. “A Ascensão de Jesus, revelando nossa meta final, isto é, a nossa glorificação junto de Deus, alimenta nossa esperança, enquanto vivemos neste mundo, marcado por muitas desesperanças. Porque somos pessoas de esperança, não cruzamos os braços diante dos problemas e dificuldade que enfrentamos no dia a dia. Caminhamos com os pés no chão, mas com os olhos e o coração voltados para o alto, onde nossa humanidade está junto de Deus. Por fim, peçamos a nosso Senhor, nesta Eucaristia, a graça de compreendermos, cada vez mais e melhor, o significado da Ascensão do Senhor, em nossa vida e, assim podermos vivenciá-la, hoje e sempre. Amém!”

Veja também:

XII Concentração Arquidiocesana de Catequistas

Com o tema: “O Ministério do Catequista” e a assessoria do Padre Jânison de Sá, Assessor da Comissão Episcopal para a Animação Bíblico-Catequética da CNBB, a Comissão Animação Biblíco-Catequética da Arquidiocese de Ribeirão Preto realiza a XII Concentração de Catequistas.