Divulgada a Carta Final do 18º Encontro Nacional de Presbíteros

Cerca de 532 presbíteros de todas as dioceses do Brasil estiveram reunidos no Santuário Nacional, em Aparecida (SP), nos dias 9 a 14 de maio, para participar do 18º Encontro Nacional de Presbíteros, assessorado pelo padre Rosimar José de Lima Dias e por dom Joel Portella Amado, secretário-geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

Na ocasião, eles refletiram sobre o tema “Presbíteros: Comunhão e Missão” e puderam rezar, conviver, refletir e experimentar a alegria de ser presbíteros/discípulos do Senhor, em comunhão e missão.

“Apareceram palavras como: eclesiologia de comunhão, sinodalidade, igreja particular, presbitério, espiritualidade, santidade, evangelização, testemunho, cuidado e anúncio do Reino”, diz um trecho de uma carta divulgada no final do encontro.

Durante os dias de encontro, os presbíteros puderam refletir sobre o momento de crise da pandemia, com desafios que afetam os âmbitos da política, economia, meios de comunicação, vida social, moral e ética. “Notou-se que há uma certa descrença da parte do povo brasileiro nas ciências, lideranças e instituições. Constatamos que muitos presbíteros, bispos, familiares e paroquianos morreram afetados pelo coronavírus e rezamos por eles”.

Tocados pelo processo do Sínodo dos Bispos de 2023, os presbíteros reafirmaram a fidelidade ao Magistério da Igreja na pessoa do Papa Francisco, na teologia bíblico-patrística, na eclesiologia do Concílio Vaticano II, na Teologia da Conferência Geral do Episcopado Latino Americano e Caribenho e nas orientações doutrinais e pastorais da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, para “vencermos o personalismo, o clericalismo e o isolamento pelo cultivo da comunhão, participação e missão”.

“Aqui, da Casa da Palavra, Casa da Mãe Aparecida, Rainha e Padroeira do Brasil, Santuário dos romeiros e peregrinos, nós, presbíteros da Igreja no Brasil, no empenho de ouvir cada vez melhor o chamado do Senhor “vinde!”, somos enviados em missão junto ao rebanho a nós confiado. Maria, Mãe Aparecida, nos ajude! Inspire-nos o testemunho de São João Maria Vianney, nosso patrono. Amém”.

Eleição

No 18º Encontro Nacional de Presbíteros também foram eleitos os novos membros da Comissão Nacional de Presbíteros, a CNP, pelo período de quatros anos. A ratificação ocorrerá na próxima reunião do Conselho Episcopal Pastoral da CNBB, o Consep, em junho deste ano.

Na ocasião, foram eleitos:

Presidente: Padre André Luis do Vale – Diocese de Uruaçu (GO)
Vice-presidente: Padre Fausto Marinho Carvalho Filho – Arquidiocese de São Paulo (SP)
1° Secretário: Padre Rudinei Lasch – Diocese de Cachoeira do Sul (RS)
1° Tesoureiro: Padre Ariosvaldo de Jesus Aragão – Arquidiocese de Vitória da Conquista (BA)

Acesse aqui a Carta do 18º Encontro Nacional de Presbíteros

 

Os padres Ivonei Adriani Burtia, representante dos presbíteros, Edgar Sebastião Rosse e Erickson dos Santos, participaram do evento.

Fonte: CNBB

Veja também:

Comunicado Oficial dos Atos do Governo Arquidiocesano – 03.12.2022

A Chancelaria da Arquidiocese de Ribeirão Preto, de acordo com as determinações do Arcebispo Metropolitano de Ribeirão Preto, Dom Moacir Silva, para atender às necessidades da Igreja particular de Ribeirão Preto e bem espiritual de seu povo, torna pública a nomeação comunicada neste sábado, 3 de dezembro de 2022

“Ser artesãos da misericórdia”: o Papa Francisco pede mais organizações de voluntariado atuantes

A 12ª edição de O Vídeo do Papa de 2022 acaba de ser publicada com a intenção de oração que o Santo Padre confia à Igreja Católica através da Rede Mundial de Oração do Papa. Para encerrar o ano, Francisco destaca as organizações de voluntariado (e todas as pessoas nelas envolvidas), atores-chave na sociedade devido ao seu empenho na promoção humana e no bem comum.