Dom Leomar Brustolin foi eleito presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-catequética da CNBB

Foi eleito no final da segunda sessão desta terça-feira, 25 de abril, como presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-Catequética da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Leomar Antônio Brustolin, arcebispo de Santa Maria (RS).

O prelado atuava como membro da Comissão para a Doutrina da Fé desde 2019. Ele também coordena a comissão que está responsável pelo processo, em curso, de atualização das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (DGAE).

Em sua primeira manifestação ao episcopado brasileiro, dom Leomar Brustolin justificou as razões de aceitar o desafio de conduzir a comissão: “Porque todos nós cremos que a transmissão da fé para as novas gerações é um dos maiores desafios para a nossa missão e também por dar continuação à animação bíblica, eu aceito!”.

Biografia e trajetória eclesial

Leomar Antônio Brustolin nasceu no dia 15 de agosto de 1967, no município de Caxias do Sul (RS), a 128 km da capital Porto Alegre. Cursou Filosofia na Universidade de Caxias do Sul (UCS) e Teologia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), concluindo em 1990.

Foi ordenado presbítero em 20 de dezembro de 1992. Obteve o mestrado em Teologia Sistemática na Faculdade Jesuíta de Belo Horizonte (MG), concluindo em 1993, e concluiu o doutorado em Teologia Sistemática na Pontifícia Università San Tommaso de Roma – Angelicum, Itália, em 2000.

Atuou na Diocese de Caxias do Sul até ser nomeado bispo auxiliar da Arquidiocese de Porto Alegre – a ordenação episcopal ocorreu em 25 de março de 2015, na sua cidade de origem, sob a presidência de Dom Jaime Spengler, arcebispo de Porto Alegre.

Dom Leomar foi professor da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul e coordenador do Programa de Pós-Graduação da Faculdade de Teologia da PUCRS. Tem experiência na área de Teologia Sistemática, atuando em ensino, pesquisa e extensão com Antropologia Teológica, Catequética e Pastoral Urbana, coordenou o Grupo de Pesquisa Antropologia Teológica, ética e pastoral. De 2015 a 2021 atuou como bispo Auxiliar da Arquidiocese de Porto Alegre.

Em 02 de junho de 2021 o Papa Francisco o nomeou para a Arquidiocese de Santa Maria, tomando posse canônica no dia 15 de agosto, no Santuário Basílica da Medianeira, tornando-se o 2º Arcebispo Metropolitano de Santa Maria. Como autor, coautor e organizador já lançou dezenas de obras que abordam temáticas como Catequese, Mariologia, Escatologia, Pastoral e Ética, entre outros.

Na CNBB, ainda como sacerdote atuou participou, no período de 2013 e 2014, da Comissão do Tema Central da 51ª Assembleia Geral da CNBB – “Comunidade de Comunidades, uma nova paróquia”. Em 2015, foi nomeado membro da Comissão para a Doutrina da Fé da CNBB e bispo referencial para Educação e Cultura no Regional Sul 3 da CNBB.

A Comissão para a Animação Bíblico-Catequética

A Comissão Episcopal Pastoral para Animação Bíblico-Catequética da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) tem a missão de animar, acompanhar, promover e orientar a caminhada Bíblico-Catequética da Igreja no Brasil.

Atua para promover tudo o que está ligado à evangelização no âmbito da difusão da Palavra de Deus e no campo do aprimoramento e do aprofundamento na busca de caminhos para a vida catequética em tempos culturais agitados e em processo de mudança tão grande.

Fotos: Victória Holzbach (Sul 3) – Comunicação 60ª AG CNBB.

Fonte: CNBB

Veja também: