Dom Moacir ordena três novos padres

Na noite de sexta-feira, 01 de dezembro de 2023, na paróquia Santa Teresinha Doutora, na Ribeirânia, em Ribeirão Preto, foram ordenados presbíteros pela imposição das mãos consecratórias do arcebispo metropolitano de Ribeirão Preto, dom Moacir Silva, os diáconos transitórios: Christian Aparecido Batista Ferreira, Leonardo Oliveira Silva e João Marcos da Silva Carvalho. A concelebração eucarística acolheu um grande número de fiéis provenientes das comunidades de origem dos ordinandos e de locais onde os mesmos fizeram o estágio pastoral, além de padres da arquidiocese, de outras dioceses, diáconos, religiosos e religiosas, seminaristas, candidatos ao diaconado permanente e familiares dos ordinandos.

Homilia

Na introdução da homilia, o arcebispo dom Moacir Silva, fez referência aos lemas sacerdotais escolhidos pelos ordinandos e fez uma breve reflexão a respeito do sentido de cada lema associado ao exercício do ministério presbiteral: “Caros filhos Diáconos Christian, João Marcos e Leonardo, daqui a pouco vocês serão configurados ao Cristo sumo e eterno sacerdote; vocês serão consagrados verdadeiros sacerdotes da nova aliança para pregar o Evangelho, apascentar o povo de Deus e celebrar o culto divino, principalmente no Sacrifício do Senhor. Caro filho Diác. Christian, você escolheu como lema de vida e ministério presbiteral: ‘Para isso, eu me afadigo e luto, na medida que em mim atua a sua força’ (Cl 1, 29). É muito importante estar atento para perceber a atuação da força do Senhor na vida e no ministério para não correr o risco de ser autossuficiente, autorreferencial. Caro filho Diác. João Marcos, você escolheu como lema de vida e ministério presbiteral: ‘Eu sou o Bom Pastor: o bom pastor dá a vida por suas ovelhas’ (10, 11). Pela sagrada ordenação você ‘se torna, na Igreja e para a Igreja, imagem real, viva e transparente de Cristo Sacerdote, uma representação sacramental de Cristo Cabeça e Pastor’ (DMVP, 2c). Jamais esqueça de que ‘a caridade pastoral, intimamente conexa à Eucaristia, constitui o princípio interior e dinâmico capaz de unificar as múltiplas e diversas atividades pastorais do presbítero e conduzir os homens à vida da Graça’ (idem 54a). Caro filho Diác. Leonardo, você escolheu como lema de vida e ministério presbiteral: ‘Amou-os até o fim’ (Jo 13,1). Este foi o programa de Jesus e deverá ser também o seu, como o de todos nós ministros ordenados. Não tenha medo de gastar a sua vida na busca do bem espiritual do Santo Povo de Deus. Este é um caminho de verdadeira felicidade, de realização na vida e no ministério. Queridos ordinandos, vocês escolheram, como iluminação para o ministério de vocês, a exortação de São Pedro: ‘Sede pastores do rebanho de Deus… cuidai dele de coração generoso… não como dominadores, mas como modelo’”, expressou o arcebispo.

Ao finalizar a homilia, dom Moacir se dirigiu aos ordinandos e disse: “Caríssimos filhos, Diáconos Christian, João Marcos e Leonardo, a Ordenação presbiteral vai configurar vocês a Jesus Cristo Mestre, Sacerdote e Pastor. Então, a vida e ministério de vocês devem revelar, visibilizar este Cristo Mestre, Sacerdote e Pastor. Mas isso só será possível se vocês cultivarem aquela intimidade que existe entre Cristo e o Pai (Papa Francisco – Discurso no Simpósio Internacional ‘Para uma teologia fundamental do Sacerdócio’, 17/02/22). Que a Virgem Maria, Mãe do Sumo e Eterno Sacerdote, acompanhe e proteja a vida e o ministério de vocês, hoje e sempre. Amém”, frisou o arcebispo.

Coral Arquidiocesano

O padre Christian, antes do momento dos agradecimentos, partilhou um sonho vocacional, isto é, a iniciativa de organizar um coral formado por vozes das muitas paróquias da arquidiocese, que reuniu 80 vozes, de 19 paróquias, de 9 municípios da Arquidiocese de Ribeirão Preto. “Antes de agradecermos a presença de vocês, nós gostaríamos de partilhar com vocês um sonho, que foi partilhado por mim, pelo Leonardo, padre Pitico e dom Moacir, ao longo da caminhada vocacional e formativa no seminário. Não é segredo que Leonardo e eu gostamos muito de música, e tínhamos um sonho de formar algum trabalho de música litúrgica na arquidiocese, e é com muita alegria que na nossa ordenação hoje nós tivermos a gênese deste sonho aqui lançada com tantas pessoas ali no mezanino, não é um grupo definido, mas pessoas de várias paróquias, de foranias diferentes, e desde julho estão se encontrando semanalmente para ensaios e poder colaborar com a nossa ordenação nesta liturgia eucarística”, agradeceu padre Christian.

Agradecimentos

O padre Leonardo fez os agradecimentos citando não querer nomear todos que colaboraram na caminhada vocacional, pois já manifestaram antecipadamente a gratidão, e outros ainda receberão o muito obrigado, mas que todos se sintam abraçados, e citou que “o agradecimento mais genuíno que nós podemos oferecer a cada um de vocês é o nosso ser padre, afinal somos padres por graça, para sermos servidores dessa graça, por isso, a nossa gratidão a cada um de vocês vai se concretizando ao longo da nossa vida, à medida que nós exercemos o nosso ministério em favor de cada um de vocês, por isso, no fundo não estou aqui para agradecer, porque o nosso agradecimento de fato ele vai acontecer ao longo da nossa vida presbiteral, na doação da nossa vida, porque o Bom Pastor dá a vida por suas ovelhas, nas nossas fadigas e lutas em nome de Cristo, e no nosso amor até o fim. É nisso que vai se concretizar e nós esperamos que se concretize o nosso muito obrigado”, revelou padre Leonardo.

Acolhida aos novos seminaristas propedeutas: Após os agradecimentos, foram apresentados os seminaristas que passam a integrar o Seminário Propedêutico Bom Pastor, em Brodowski, no estágio do propedêutico no ano de 2024, são eles: Fábio Henrique Gomes da Silva, Luís Gustavo Rodrigues, Miguel Aleixo Marques e Juan Jonas Alves.

Campanha: Antes dos ritos finais, o pároco padre Paulo Henrique Martins apresentou, em nome da comissão responsável para angariar recursos para a reforma do Seminário, o lançamento da campanha: “Semeando a Vocação: colhendo frutos”, onde todos os católicos da arquidiocese estão sendo chamados a conscientização de que precisamos reformar o Seminário de Brodowski. A campanha motiva os fiéis a doarem de um dia de trabalho para ajudar na reforma da casa formativa.

Veja também: