Dom Vilsom Basso é eleito para presidir a Comissão Episcopal para a Juventude da CNBB para o quadriênio 2023-2027

Dom Vilsom Basso, bispo da diocese de Imperatriz no Maranhão, foi eleito para presidir a Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). O bispo presidiu a Comissão por um mandato, tendo sido eleito durante a 53ª Assembleia-Geral. Em resposta à pergunta se aceita a missão, o prelado respondeu: “Primeiro lugar quero agradecer à confiança dos senhores bispos e por amor à Igreja e às Juventudes, digo sim!”.

Biografia e trajetória eclesial

Dom Vilsom Basso, SCJ, nasceu em 16 de fevereiro de 1960. Fez sua profissão religiosa na Congregação dos Sacerdotes do Sagrado Coração de Jesus. É o bispo diocesano de Imperatriz, no Maranhão. Seu lema episcopal é “Ecce Venio Domine” (“Eis-me aqui, Senhor”).

Dom Vilsom fez seus estudos de filosofia em Brusque, e de teologia, em Taubaté. Possui especialização em Planejamento Pastoral pela Universidade de Bogotá (Colômbia). Foi Ordenado presbítero em 1985. No estado do Maranhão, foi vigário nas paróquias de Santa Inês e Alto Alegre, e pároco em Santa Luzia e no santuário Nossa Senhora da Conceição, em São Luís. Posteriormente atuou como vigário paroquial do santuário São Judas Tadeu, em São Paulo, e como formador em Cagayan de Oro, nas Filipinas.

Em março de 2010 foi nomeado bispo de Caxias do Maranhão, por ordem do papa Bento XVI, recebendo a ordenação episcopal no dia 30 de maio daquele mesmo ano a partir das mãos de Dom Murilo Sebastião Ramos Krieger. No dia 19 de junho de 2010, foi empossado como o quarto bispo daquela diocese.

Ainda enquanto padre foi assessor do então Setor Juventude da CNBB. Como bispo, foi eleito presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da CNBB, durante a 53ª Assembleia-Geral daquela Conferência. No dia 19 de abril de 2017, foi nomeado bispo da diocese de Imperatriz, no Maranhão, transferido da diocese de Caxias pelo Papa Francisco.

Fonte: CNBB

Veja também: