Etapa de Escuta da Assembleia Eclesial da América Latina e do Caribe é prolongada até 30 de agosto

A pedido de várias conferências episcopais, feito durante a 38ª Assembleia Geral do Conselho Episcopal Latino-americano – CELAM, realizada de 18 a 21 de maio, a presidência do organismo aceitou a necessidade de prolongar o período de participação no processo de escuta.

A nova data para este importante momento será “30 de agosto de 2021, quase mais dois meses, a fim de promover uma participação mais ampla que permita reunir as vozes do Povo de Deus que peregrina no nosso continente”.

No mês de junho, “o comité de conteúdo juntamente com o comité de escuta começará a trabalhar”, diz o comunicado assinado pelo presidente e secretário-geral do CELAM, a fim de “assegurar a sistematização atempada de todas as contribuições do processo de escuta”.

Uma vez concluído o processo de escuta, durante o mês de setembro, “procederemos à elaboração do Documento para o Discernimento”. O comunicado destaca o trabalho que está sendo realizado pelas Equipes de Animação Pastoral da Assembleia nas Conferências Episcopais. Diz-se que “eles estão envolvidos, organizados, entusiasmados e empenhados”.

O CELAM oferece a sua disponibilidade para colaborar em caso de dúvidas ou dificuldades, confiando “que a Assembleia Eclesial será um sinal e uma expressão de proximidade e esperança no meio da pandemia que o continente está vivendo”. Recordando que os materiais preparados estão disponíveis no website da Assembleia, https://asambleaeclesial.lat, lembra-se que a data da Assembleia continua a ser a mesma, de 21 a 28 de novembro na Cidade do México.

Fonte: CNBB

Com informações: CNBB Regional Norte 1

Veja também:

“Mestres da Ternura”, o projeto de vida do Papa para os idosos

O Vídeo do Papa de Julho acaba de ser divulgado com a intenção de oração que Francisco confia a toda a Igreja Católica através da Rede Mundial de Oração do Papa. Este mês, o Santo Padre reza “pelos idosos, que representam as raízes e a memória de um povo, para que a sua experiência e a sua sabedoria ajudem os mais jovens a olhar o futuro com esperança e responsabilidade”