Missa na Catedral Metropolitana na abertura do Mês Missionário

A Catedral Metropolitana de São Sebastião, em Ribeirão Preto, sediou no domingo, 03 de outubro, a Missa de Abertura do Mês Missionário. O arcebispo Dom Moacir Silva presidiu a Concelebração Eucarística que contou com os concelebrantes: Padre Francisco Jaber Zanardo Moussa, Pároco; Padre Marcus Vinícius de Miranda, assessor do Conselho Missionário Diocesano (Comidi) e referencial do Pilar da Ação Missionária, e os serviços litúrgicos do Diácono Transitório Rodrigo. A missa também foi transmitida pelos canais do Facebook e Youtube da Catedral.

Na Recordação da Vida a comunidade e os arquidiocesanos foram motivados a viver a o mês missionário como discípulos missionários de Jesus Cristo, como expressa o texto lido: “Com alegria e gratidão iniciamos o Mês Missionário e somos convidados a ser uma Igreja em Saída indo ao encontro de cada irmão anunciando a boa nova e buscando auxiliá-los em suas necessidades físicas e espirituais como comunidade de fé, família de famílias, sejamos solidários, fraternos e fiéis para que nossa missão seja realizada segundo a vontade do Pai”.

Homilia

Na introdução da homilia, Dom Moacir, destacou o tema e o lema do mês missionário, e apontou os desafios para a vivência da missão neste tempo de pandemia. “Com esta celebração eucarística abrimos o mês missionário em nossa arquidiocese. Neste ano o tema do mês missionário é: ‘Jesus Cristo é missão’ e a inspiração bíblica: ‘Não podemos deixar de falar sobre o que vimos e ouvimos’ (At 4,20). A realidade trazida pela pandemia que se estende de forma global prolongada evidenciou e ampliou o sofrimento, a solidão, a pobreza, e as injustiças que tantos já padeciam. Desmascarou nossas falsas seguranças e desnudou nossa fragilidade humana”, falou o arcebispo.

Dom Moacir ainda destacou a mensagem do Papa Francisco para o Dia Mundial das Missões: “Motivados pela mensagem do Papa para o Dia Mundial das Missões a Novena Missionária destaca neste ano o testemunho de missionários e missionárias da compaixão e da esperança. Diz o Papa na sua mensagem: ‘No contexto atual, há urgente necessidade de missionários de esperança que, ungidos pelo Senhor, sejam capazes de lembrar profeticamente que ninguém é salvo por si mesmo (…) Neste tempo de pandemia, perante a tentação de mascarar e justificar a indiferença e a apatia em nome de um distanciamento social saudável, a missão de compaixão é urgentemente necessária por sua capacidade de fazer desse distanciamento recomendável uma oportunidade de encontro, cuidado e promoção’. Vivamos intensamente este mês missionário”, concluiu Dom Moacir.

Programação Arquidiocesana do Mês Missionário

Neste mês de outubro, nos voltamos para a compreensão das missões, isto é, sou batizado (a), sou missionário (a) e a permanente preocupação pelo anúncio do Evangelho a todos os povos. É neste período em que recordamos o fundamental convite missionário de Cristo e da Igreja em cada comunidade, onde todos sacerdotes, religiosas e leigos somos incentivados e chamados a missão.

Acesse aqui a Programação

Veja também:

Live oferece elementos para a compreensão sobre a metodologia e tema da fase diocesana do Sínodo 2023

A Equipe de Animação do Sínodo 2023 no Brasil promoveu, na quinta-feira, 14 de outubro, a live “Por uma Igreja Sinodal” com foco na organização da etapa diocesana a ser desenvolvida nas Igrejas Particulares de todo mundo simultaneamente, com início previsto para a primeira quinzena deste mês. A live contou com a participação de mais de mil pessoas online e 4.900 visualizações em apenas um dia.