Nova cartilha traz dicas para retorno das práticas juvenis no pós-pandemia

O mundo literalmente parou por conta da pandemia. Não foi diferente para muitas ações de evangelização da Igreja, que precisaram se reinventar para passar pela crise. Setores Juvenis, grupos de jovens e tantas outras iniciativas sofreram com a impossibilidade dos encontros presenciais e tantas outras descobriram novas formas de atuação pela internet. Agora, com um novo e esperançoso horizonte, a Comissão Episcopal para a Juventude da CNBB quer contribuir para novos desafios lançando uma cartilha pós-pandemia: “Novos Horizontes – Manual de Retorno das Práticas Juvenis”. Clique aqui para fazer o download.

A comissão preparou o material a partir do relato de muitos setores diocesanos do país que diziam das dificuldades de articulação e de retomar com novo fôlego suas atividades, visto que muitos jovens se afastaram durante a pandemia.

“Ouvindo os regionais e os grupos, percebemos a dificuldade deles e aprendendo com eles sobre tudo o que estão vivenciando e as experiências. O objetivo desse material é oferecer uma ajuda, algumas provações para reflexões dos grupos e assessores para que possam recomeçar com todo ânimo nesse pós-pandemia”, conta a assessora da comissão, Ir. Valéria Andrade Leal.

A partir de documentos como a exortação pós-sinodal Christus Vivit e a Doutrina Social da Igreja – o DoCat -, além de mensagens diversas do Papa Francisco, o manual é um convite aos jovens para continuaram a ser protagonistas da Pastoral Juvenil. São textos de reflexão e sugestões de ações concretas para que os jovens reavivem a participação na vida comunitária, orante e familiar.

Com criatividade, amor e a alegria do anúncio da Boa Nova, os jovens são chamados a ajudar a escrever nossa história não para o “retorno ao normal”, mas na construção de uma sociedade que – após o sofrimento de uma pandemia tão devastadora – seja mais humana e fraterna a partir do testemunho cristão.

Acesse aqui a Cartilha

Fonte: Jovens Conectados

Veja também:

Live oferece elementos para a compreensão sobre a metodologia e tema da fase diocesana do Sínodo 2023

A Equipe de Animação do Sínodo 2023 no Brasil promoveu, na quinta-feira, 14 de outubro, a live “Por uma Igreja Sinodal” com foco na organização da etapa diocesana a ser desenvolvida nas Igrejas Particulares de todo mundo simultaneamente, com início previsto para a primeira quinzena deste mês. A live contou com a participação de mais de mil pessoas online e 4.900 visualizações em apenas um dia.