Paróquia São Lourenço em Pontal acolhe novo pároco

A paróquia São Lourenço, em Pontal, acolheu o padre João Gilberto Rodrigues (Padre Gil) como novo pároco, no dia 12 de novembro, em missa com rito de posse canônica, presidida pelo arcebispo dom Moacir Silva e concelebrada por padres da arquidiocese, e a presença de diáconos, seminaristas e paroquianos. Na ocasião a comunidade paroquial expressou a gratidão ao padre Nasser Kehdy Netto, que durante 39 anos exerceu o ofício de pároco em Pontal, e agora passa a ser pároco emérito. Padre Gil, antes da nomeação para o novo ofício, exerceu o ministério de pároco por 19 anos na paróquia São João Bosco, em Ribeirão Preto.

Padre Gil assume a missão com o propósito de conhecer a nova realidade e caminhar junto com a comunidade paroquial. “As minhas expectativas são as melhores, claro que sei que são muitos os desafios pela frente. A minha expectativa é que a maioria do povo possa acolher as novidades que vão surgindo com a minha presença aqui. O primeiro desafio é assumir uma comunidade que até então era estranha para mim, eu que sempre fiquei em Ribeirão Preto, numa realidade totalmente diferente. Mas, os desafios me estimulam na caminhada. Pretendo em primeiro lugar conhecer a realidade daqui, ouvir os diversos seguimentos pastorais, ouvir o povo e depois juntos iremos traçar a nossa caminhada daqui para a frente. Acho muito importante manter tudo de bom e positivo que foi realizado até aqui e ao mesmo tempo estar abertos só novo”, revelou o pároco.

O novo pároco expressou uma breve mensagem aos novos paroquianos: “Minha mensagem é de gratidão. Gratidão a Deus em primeiro lugar, razão da minha vida. Agradecimento ao nosso Excelentíssimo Arcebispo, por me confiar essa missão tão especial. Agradecimento ao povo pontalense, que me acolheu com tanto carinho e disponibilidade para que juntos possamos seguir em frente, com a graça de Deus”, agradeceu padre Gil.

Comunidade paroquial homenageia Padre Nasser

Em mensagem nas redes sociais a comunidade paroquial publicou mensagem de agradecimento ao padre Nasser: “Hoje estamos aqui para rendermos graças a Deus e agradecermos aquele que doou parte de sua vida ao anúncio do Evangelho.
Nascido no ano de 1941, foi ordenado Sacerdote no ano de 1964, e 20 anos depois (1984), Deus quis que viesse cuidar dos fiéis pontalenses. Desde então Padre Nasser viveu muitas histórias, batizados, primeiras eucaristias, crismas, confissões, matrimônios e também na hora da dor, foi presença viva do evangelho de Jesus na vida de todos. Viajou com muitos. De Ilhéus a Itanhaém e a Camboriú, todo mundo tem uma história para contar das viagens do Padre Nasser. Podemos dizer que Padre Nasser se tornou durante esses 39 anos, um pouquinho membro da família de cada pontalense. Por tudo isso e por tantas outras coisas que o senhor realizou em nossa Paróquia, em nossas vidas e na cidade de Pontal, te agradecemos, rogando a Deus que te conceda muita saúde, tranquilidade e paz para viver esse novo momento!
A sua importância para nós é imensurável e inesquecível, por isso viva, viva muito e saiba que tem uma cidade inteira que você fez parte constituindo famílias nos sacramentos dados, que te ama e ora por você e que será sempre presença em tua vida, sendo sempre gratos por tudo e por tanto.
Obrigada por tudo Padre Nasser, Pontal te ama e te agradece por seus 39 anos de dedicação e amor a este povo! Não é uma despedida, o senhor apenas se afasta das atividades, mas pela fé que professamos, estaremos eternamente unidos na Eucaristia! Deus o abençoe hoje e sempre!”

@paroquiasaolourencopontalsp

Veja também:

Nota da CNBB sobre o PL1904/2024

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) reafirmou, nesta sexta-feira, 14 de junho, seu posicionamento de defesa e proteção da vida em todas as suas etapas, da concepção à morte natural

Comunicado Oficial dos Atos do Governo Arquidiocesano: 11.06.2024

A Chancelaria da Arquidiocese de Ribeirão Preto torna pública as determinações de Dom Moacir Silva, Arcebispo Metropolitano de Ribeirão Preto, em 11 de junho de 2024: Instalação da Paróquia São José, em Serrana, e Posse Canônica do Primeiro Pároco