Pilar da Palavra celebra o Mês da Bíblia

“Devemos nos aproximar da Bíblia sem segundas intenções, sem a instrumentalizar. O fiel não procura nas Sagradas Escrituras o apoio para a própria visão filosófica e moral, mas porque espera um encontro» Papa Francisco

Como já é de costume na igreja do Brasil, no segundo semestre, em setembro, celebramos juntos o mês da bíblia. A data fora escolhida por conta do dia de São Jerônimo (30/09) e se consolidou em todo o país como um período voltado para a maior valorização das sagradas escrituras, visando cultivar o amor e a boa utilização dos textos bíblicos em prol de uma melhor vivência da vida cristã, posto que como apontou o próprio santo que inspira o mês, desconhecer a escritura é desconhecer o Cristo.

Para cada ano, a CNBB propõe uma reflexão acerca de um livro da Bíblia, alternando entre antigo e novo testamento. Neste ano, a proposta dos bispos do Brasil é para que reflitamos acerca do livro de Josué, com a temática: “O Senhor, teu Deus, estará contigo por onde quer que vás” (Js 1, 9). Juntamente com a temática, foram lançados subsídios e encontros online que permitem o aprofundamento e podem ser facilmente encontrados e adquiridos na internet.

Para que os objetivos deste tempo favorável para a valorização das sagradas escrituras não sejam desprezados e as oportunidades de evangelização não sejam dispensadas, fica aqui algumas sugestões que auxiliarão na inserção da dinâmica desse mês da Bíblia nas nossas comunidades, pastorais, movimentos, serviços e diversos organismos da nossa igreja.

Valorizar ainda mais os ritos próprios da liturgia da Palavra, bem como criar um espaço especial para a apresentação da Bíblia Sagrada, com um arranjo floral ou ornamentação mais vistosa juntos a ela, que estejam de acordo com a dignidade de tal momento.

Durante os momentos de comunicação com a comunidade (avisos, reuniões e outros), destacar as atividades pastorais pertinentes ao mês da bíblia, bem como a necessidade de haver a inserção e utilização do texto sagrado na vida do povo de Deus. Que cada um tenha a sua bíblia e ame as Sagradas Escrituras. Incentivar também o uso da Tradução oficial da CNBB.

Que não seja esquecida e seja incentivada a Leitura Orante da Palavra de Deus, bem como a utilização dos textos bíblicos no início de todas as reuniões. Por fim, que sejam promovidos vídeos, conferencias, lives e outros momentos de estudos bíblicos e círculos bíblicos com um olhar especial para o Livro de Josué.

LIVE: Recordamos que no dia 20 de setembro (terça-feira) às 20 horas, ocorrerá uma Live para o estudo do Livro de Josué com a presença do Padre Pedro Luiz Schiavinato, realizada pela Comissão de Animação Bíblica da Arquidiocese. O convite se estende aos padres, leigos, religiosos e religiosas e todo o povo de Deus, que segue lado a lado nessa caminhada sinodal.

Que o Espírito Santo nos ilumine neste itinerário do mês de setembro, para que esse momento possa fazer-nos aprofundar ainda mais nos textos sagrados, e que mergulhados na dinâmica bíblica nos encontremos verdadeiramente com um Cristo vivo e ressuscitado.

Pilar da Palavra
Iniciação à Vida Cristã e Animação Bíblica da Vida e da Pastoral

Veja também:

O Vídeo do Papa sobre o Sínodo: caminhar juntos, ouvir juntos

Novo mês, nova intenção de oração do Papa Francisco: O Vídeo do Papa de outubro acaba de ser divulgado com a intenção de oração que o pontífice confia a toda Igreja Católica através da Rede Mundial de Oração do Papa. A intenção chega em um ponto de virada no percurso sinodal que começou em 2021 e terminará em 2023.

Arquidiocese celebra o Dia do Nascituro

A Arquidiocese de Ribeirão Preto celebrará no dia 8 de outubro, sábado, o Dia Nacional do Nascituro. O tema para a edição deste ano de 2022 é: “Toda violação da dignidade humana ofende a Deus”. A Pastoral Familiar e a Pastoral da Saúde da Arquidiocese unidas em defesa da vida promovem o Encontro e a Celebração do Dia do Nascituro

Novena de Natal da Arquidiocese de Ribeirão Preto 2022

A Novena de Natal 2022 da Arquidiocese de Ribeirão Preto já está à disposição das paróquias e dos grupos de novena. Mais uma vez temos a alegria de apresentar nossa novena para ajudar as nossas comunidades a saborearem a espiritualidade do Advento.