Presos recebem o sacramento da primeira eucaristia e crisma na Penitenciária de Serra Azul

Presos recebem o sacramento da primeira eucaristia e crisma na Penitenciária de Serra Azul

A Pastoral Carcerária da Arquidiocese de Ribeirão Preto realizou, em 19 de dezembro de 2023, a Missa com o rito dos sacramentos da Primeira Eucaristia e Crisma, na Penitenciária de Serra Azul, presidida pelo padre Rafael Carlos dos Santos Ribeiro, Capelão da Capelania Carcerária da Arquidiocese de Ribeirão Preto; e a presença dos agentes da Pastoral Carcerária: Diácono Antônio Carlos (Assessor), Samuel Melo (Coordenador), Lucimelia Albuquerque e Mara Dias (Associação Franz de Castro Holzwarth).

Os presos que receberam os sacramentos, no total de quatro, um recebeu a Primeira Eucaristia e três receberam a Crisma, foram preparados durante seis meses, por intermédio dos catequistas Samuel Melo e do capelão Padre Rafael.

De acordo com o capelão padre Rafael “a exemplo do beato Franz de Castro Holzwarth, a Pastoral Carcerária se preocupa com a evangelização e a catequese daqueles que estão privados da liberdade. Os agentes da pastoral têm se empenhado nas visitas aos cárceres, bem como a formação dos agentes. A Igreja precisa estar mais próxima destes irmãos que mais necessitam da misericórdia de Deus. Recebendo os sinais sagrados da salvação eles são fortalecidos e motivados a viverem a fé e a mudarem o caminho de suas vidas”.

O coordenador arquidiocesano da Pastoral Carcerária, Samuel Melo, relata a importância da formação continuada nos presídios: “Ao fazermos a formação continuada da catequese podemos notar nitidamente que o nível de consciência cristã aumenta nos detentos, aumenta a autoestima e começam a ter uma visão crítica de sua própria realidade”, destaca Samuel.

O diretor da Penitenciária de Serra Azul, Dr. Reginaldo Neves de Araújo, manifestou mensagem de agradecimento pelo trabalho da Pastoral Carcerária. “Leve o reconhecimento desta direção e dos funcionários desta Unidade, aos esforços desta pastoral em acreditar nas potencialidades do ser humano e sua capacidade de se reinventar e fazer diferente e melhor para si e seus semelhantes. Espero que no próximo ano tenham disposição e o apoio necessário para a continuidade da missão. Conte conosco!”

Pastoral Carcerária
Arquidiocese de Ribeirão Preto

 

Veja também: