Tribunal de Ribeirão Preto realiza sessão de clausura do processo de Investigação Diocesana Supletivo “Super Miro” do padre Vítor, C.Ss.R.

Tribunal de Ribeirão Preto realiza sessão de clausura do processo de Investigação Diocesana Supletivo “Super Miro” do padre Vítor, C.Ss.R.

O Tribunal Interdiocesano de Ribeirão Preto realizou, em 21 de setembro, às 15 horas, no Salão Dom Alberto, em Ribeirão Preto (SP), a sessão solene de clausura (fechamento) do “Processo de Investigação Diocesana Supletivo ‘Super Miro’” de averiguação do possível milagre atribuído ao Servo de Deus Padre Vítor Coelho de Almeida, missionário redentorista, para a causa do processo de beatificação e canonização. O arcebispo de Ribeirão Preto, dom Moacir Silva, presidiu a sessão que contou com a seguinte formação da mesa: dom Darci José Nicioli, C.SS.R, vice postulador da causa de beatificação e arcebispo de Diamantina (MG); e padre Antônio Carlos Santana, MPS, Juiz do Tribunal e Delegado da Investigação da Causa. Também participaram da cerimônia: o padre Antônio de Pádua Dias, Promotor de Justiça; o padre José Sidney Gouvêa Lima, notário; a Irmã Pier Paula de Farias, do Instituto das Apóstolas do Sagrado Coração de Jesus, coordenadora geral dos trabalhos da execução prática da causa; a miraculada Edilene Pavão Geraldini; as médicas doutoras Mariana Corrêa Coelho Salomão e Viviane Fernandes Schiavon, peritas do Tribunal e responsáveis pelas observações e conclusões do laudo referentes ao milagre; colaboradores do Centro Arquidiocesano de Pastoral, da Chancelaria do Arcebispado, e do Tribunal Interdiocesano de Ribeirão Preto.

Processo: O processo de investigação do milagre conduzido pelo Tribunal de Ribeirão Preto havia sido aberto no dia 22 de julho 2016 e prolongou-se por 37 dias, até a sessão de encerramento em 16 de setembro do mesmo ano. No período foram ouvidas testemunhas referentes ao milagre recebido pela miraculada Edilene Pavão Geraldini, residente em Pirassununga (SP), que recebeu há 23 anos (6.2.1998), o possível milagre atribuído ao padre Vítor, alusiva a uma gravidez complicada e com risco de vida, enquanto estava internada na Santa Casa de Misericórdia de Ribeirão Preto. No mês de agosto deste ano, a pedido da Congregação para as Causas dos Santos, no Vaticano, em Roma, houve a necessidade de suplementação de documentos, o que foi feito pelo Tribunal de Ribeirão Preto. Com a sessão solene encerrada na tarde do dia 21 de setembro, os documentos autenticados do referido processo serão encaminhados por dom Darci ao padre Antonio Marazzo, C.Ss.R., Postulador Geral da Congregação do Santíssimo Redentor, e responsável para a Causa de Beatificação e Canonização do Servo de Deus Pe. Vitor Coelho de Almeida, C.Ss.R., juntamente com o envelope contendo as cartas do Arcebispo dom Moacir Silva, do Juiz Delegado e do Promotor de Justiça e o Instrumento de fechamento, o qual as entregará na Congregação para as Causas dos Santos, no Vaticano, em Roma.

Saiba mais:

www.a12.com/redentoristas/memorial-padre-vitor

Veja também:

Escala Diaconado Permanente – Exéquias – Mês de NOVEMBRO 2022

A Associação dos Diáconos da Arquidiocese de Ribeirão Preto (ADPARP) divulga a Escala de Exéquias (Celebração Exequial nos Velórios) para o mês de NOVEMBRO de 2022 (final de semana e segunda-feira) para atendimento nos velórios de Ribeirão Preto.